quarta-feira, 25 de junho de 2014

O SONHO DO OSHO



Minha confiança na existência é absoluta.
Se houver alguma verdade naquilo que estou dizendo,isso irá sobreviver...
As pessoas que permanecerem interessadas no meu trabalho irão simplesmente carregar a tocha,mas sem imporem nada a ninguém...

"Permanecerei uma fonte de inspiração para o meu povo,e é isso que a maioria dos Saniásins sentirá.Quero que eles desenvolvam por si mesmos qualidades com o Amor,à volta do qual nenhuma igreja pode ser criada;como consciência,que não é o monopólio de ninguém;como celebração,deleite;e que se mantenham rejuvenescidos,com os olhos de uma criança..."

"Quero que as pessoas conheçam a si mesmos,que não sigam as expectativas dos outros.E a maneira é indo para dentro."

"Deixo a vocês o meu sonho."

Osho

terça-feira, 24 de junho de 2014

MENSAGEM DE MÃE MARIA



09/06/2014
Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Serenidade, amados, o mundo pede serenidade.

A perturbação, a inquietação e a agitação que permeia a mente e o coração dos Filhos da Terra necessita ser aplacada, e só o amor pode transformar esses sentimentos limitadores em serenidade e paz.

É tempo de mergulhar em profunda reflexão para que as paixões possam ser apaziguadas pela força da compaixão, revelando, na quietude do corpo, a mansidão e a tranquilidade do espírito, deixando a mostra o equilíbrio e a sensatez que só a luz contém.   

A compaixão nunca decorre do julgamento, mas sim da compreensão que nunca é manifestada pela violência, mas que sempre se traduz pelo diálogo sereno, pela tolerância mútua pela isenção de paixões.

Vosso planeta necessita da compreensão de todos os seus filhos, para que a tolerância volte a imperar entre todos os povos e nações.

Sem tolerância irmãos continuarão a se digladiar com irmãos, as grandes nações sempre procurarão dominar as menores, as crenças religiosas continuarão sendo motivo para a existência das guerras, que só fazem dizimar terras e povos, sem qualquer piedade.

Só o amor pode abrandar o egoísmo tão exacerbado que impera em vosso mundo, mundo que neste tempo de transição busca a harmonia, busca a fraternidade, busca o resgate da sintonia perfeita entre seus habitantes, para que a Idade do Ouro se manifeste em seu esplendor, ofertando a todos os Filhos da Terra a abundância infinita que decorre do compartilhar de todos em prol do bem comum.

Bem amados, é preciso que possais compreender que o ser humano não mais aceita palavras, eis que as palavras já não fazem mais sentido porque raramente correspondem as ações.

A humanidade necessita de exemplos neste tempo, e todos vós, que percorreis com determinação o caminho da luz, necessitais serem os exemplos que refletem para todos a determinação e a temperança, a verdade e a sabedoria, a fraternidade e a paz, a compaixão e o amor incondicional.

Para isso vossos pensamentos precisam transformar o egoísmo que se faz presente em todos vós em fraternidade, para que vossas palavras possam refletir amor, vossas atitudes possam ser permeadas de amor, e vossas ações sejam sempre revestidas do mais puro amor, dissolvendo assim a descrença que impera hoje em vossos irmãos, descrença no homem, descrença em uma vida feliz, descrença na paz e na liberdade.

É tempo de redenção, e todo desequilíbrio que ainda impera em vosso planeta e em vossos irmãos precisa ser corrigido, não pela força, mas sim pelo amor.

Que possais, pois todos vós serem pontes de luz a compartilhar o meu amor, para que a intensidade nele contida possa aplacar todo descontentamento, toda revolta e toda incompreensão que só levam a mais disputas, mais conflitos, mais confusão, e que vossas orações ajudem a alimentar o entendimento e a concórdia, para que a paz se concretize rapidamente em vosso planeta e em vossas vidas.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou  Maria, Vossa Mãe.


SP-09/06/2014-Mensagem de Mãe Maria-10-2014 
recebida por Jane Monachesi Ribeiro

MENSAGEM DE MÃE MARIA



03/06/2014
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Ciclos são vivenciados, oportunidades são desperdiçadas, porém a vida sempre vos oferece uma nova chance de ser feliz.

A felicidade não se mede pela quantidade de coisas materiais acumuladas, a felicidade se mede pelo galgar de mais e mais degraus rumo à perfeição.

Ser perfeito é manifestar vossa essência divina no mundo da ação.

É utilizar um corpo denso para, paulatinamente, torná-lo mais e mais leve pela purificação que conscientemente imprimis aos vossos pensamentos, e pelo cuidado que dispensais ao vosso físico.

Cuidar de vosso corpo físico é cuidar do veículo indispensável para que vossa alma possa resgatar o direito de ser UM com o Pai.

É tempo, pois de cuidar de vossos corpos, é tempo de controlar vossos pensamentos, é tempo de experenciar sentimentos que se origem no amor maior que existe latente em vossos corações.

O rejuvenescimento bate as vossas portas, e ele chega através do resgate da sabedoria que vos fornece todos os passos para entrar em comunhão com vossas células, com cada parte de vossos corpos, corrigindo todos os comandos que enviastes as forças inteligências que compõe vosso ser, e que só contiveram limite, doença e separação.

Sem essa inversão de propósito não será possível a vós rejuvenescer, e sem rejuvenescimento a imortalidade continuará a ser somente uma possibilidade muito distante.

Todavia, se acreditais na vossa filiação divina e se já acessastes o nível de consciência que vos possibilitou romper o véu da ilusão podereis sim rejuvenescer, podereis sim por um fim as doenças e a todos os limites que vos impusestes ao longo da jornada, podereis sim ser o exemplo para vossos ainda incrédulos irmãos, que só acreditam e cultuam o mundo do limite e da ilusão onde nada é perene.

É preciso crer, amados, crer que a vida vos oferece mais uma oportunidade de manifestar o ser imortal que sois, e que todos vós já tendes acesso a todas as ferramentas que vos são necessárias para transformar vossas mentes limitadas e ter acesso a Mente de Deus.

Tudo é simples no mundo onde impera a perfeição.

Já vivestes nesse mundo, amados, embora ele não esteja claro em vossas mentes.

Vossas mentes foram objeto de muitas distorções ao longo de vossas múltiplas jornadas nesse mundo que escolhestes para evoluir, e essas distorções foram o motivo do distanciamento entre todos vós e a Fonte que vos gerou.

Este é o tempo de retorno a Fonte, este é o momento em que todas as portas se abrem para que possais escolher qual atravessar, sabendo que vossa escolha vos levará a um novo patamar de consciência onde a verdade é uma só eis que o Pai é o mesmo para todos vós.

Bem amados, aproveitai este momentum para mergulhar no silêncio permitindo que vossas almas vos mostrem o caminho, para que o diálogo entre vós e os elementos que compõem vossos corpos possa ser restabelecido, para que possais iniciar uma nova etapa em vossas evoluções, etapa que vos permite, novamente, ser uno com o Criador, rejuvenescendo e imortalizando vosso corpo, para que posais se reintegrar a grande espiral evolucionária que vos permite o eterno despertar.

Bem amados, que vossas orações sejam direcionadas para todos aqueles que precisam rever seus valores, buscando na luz do Criador a verdade que leva a Redenção.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou 
Maria, Vossa Mãe.


SP-03/06/2014- Mensagem de Mãe Maria-09-2014
 recebida por Jane M. Ribeiro.

MENSAGEM DE MÃE MARIA



27/05/2014
Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Momentos difíceis são vividos pelos Filhos da Terra neste tempo de transformação.

A busca pela felicidade tem vos impulsionado a frente, porém a cada passo tendes encontrado mais e mais pedras no caminho.

Dificuldades, incompreensão, passos que levam a frustrações, tristeza, escassez, intolerância.

Como resgatar o caminho da verdade? Como encontrar a verdadeira felicidade?

Não existe uma fórmula mágica, um manual que vos permita dar os passos necessários e tomar as decisões certas a cada evento de vossas vidas.

Existe sim a escolha pelo caminho da luz, onde a tônica é o amor, caminho que exige de cada um de vós cultivardes a certeza e exercitar a entrega, a verdadeira entrega ao divino de que sois parte e que vos mostra a verdade, a verdade de cada fato, de cada situação, de cada acontecimento com que vos deparais no dia a dia.

O caminho da luz não é pavimentado ou plano, mas sim um caminho sinuoso, permeado por precipícios que podem parecer intransponíveis, e que exigem daquele que escolheu trilhá-lo muita disciplina e determinação, muita fé e coragem, eis que esse caminho é permeado por todos os acontecimentos experenciados por vós ao longo da jornada, e muito de vossa jornada precisa ser corrigido, reparado, transformado, purificado para que o próximo passo seja possível e aconteça por força de vossa ação consciente.

Sim amados, a ação é fundamental para quem trilha esse caminho, e para agir é preciso confiar no divino, confiar na linguagem de vosso coração, cultivando a certeza de que o que enxergais é a realidade que precisa ser mudada, e que existe sim um propósito por trás de cada dificuldade que precisais enfrentar.

Correi, pois atrás do propósito contido em cada acontecimento que vos desafia no hoje, para que o amanhã possa ser mais claro, mais transparente, para que possais cada vez enxergar claramente, e assim abraçar todos os eventos que se revelam ao vosso redor, imprimindo neles o amor que amadurece em vossos corações, criando, assim, vosso próprio caminho a cada passo desse novo despertar.

Essa é a mágica, esse é o segredo.

Criar vosso próprio caminho!

Ele é único e necessita de vossa coragem e da crença no divino alimentada em vossos corações, para que deixe de conter pedras e possa ser pavimentado com todas as vossas ações conscientes, ações que visem sempre o bem comum, que se desdobrem na ajuda ao outro, que se derramem pelo mundo na busca da concretização da unidade entre todos os seres de todas as dimensões.

Tudo está conectado a tudo em vosso mundo!

É tempo de reconhecer a malha invisível que une a todos vós em um único propósito, o propósito de reencontrar vosso espaço sagrado no mundo novo, na Terra Prometida que neste tempo se revela sem disfarces, mas que exige o trabalho dedicado de tudo por todos, para que a dádiva da plenitude permeie vossas vidas e a vida de vosso amado planeta.

Bem amados, concentrai vossas atenções em vossos corações, alimentai a compreensão de que sois todos irmãos, estendei a mão a todas as formas de vida, para que as dificuldades que tem vos levado a tanta desesperança se transformem no estandarte que vos lembra a cada momento que a vida é feita de escolhas, e que nada é impossível para os Guerreiros da Luz.

Bem amados, que vossas orações se transformem no combustível para impulsionar todas as mentes e corações no reencontro do caminho que leva a Luz.

Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, 

Vossa Mãe.


SP-27/05/2014-Mensagem de Mãe Maria-08-2014
recebida por Jane Monachesi Ribeiro

segunda-feira, 16 de junho de 2014

A PAZ DA ACEITAÇÃO



As pessoas o têm julgado e você aceitou a idéia delas sem um exame minucioso. Você está sofrendo todos os tipos de julgamentos das pessoas e está jogando esses julgamentos em outras pessoas. Esse jogo alcançou proporções incríveis e toda a humanidade está sofrendo isso.

Se você quer sair desse estado, a primeira coisa é: não julgue a si mesmo. Aceite humildemente sua imperfeição, seus fracassos, seus erros, suas fraquezas.

Não há necessidade de fingir o contrário, seja simplesmente você mesmo: É assim que eu sou - cheio de medo. Não consigo sair na noite escura, não consigo ir na floresta densa. O que há de errado nisso? É simplesmente humano.

Quando você se aceita, você é capaz de aceitar os outros, porque você terá um insight claro de que eles estão sofrendo da mesma doença. E aceitando-os, você irá ajudá-los a aceitar a si mesmos. Podemos reverter todo o processo: você se aceita e isso o torna capaz de aceitar os outros. E porque alguém os aceita, eles aprendem a beleza da aceitação pela primeira vez - QUANTA PAZ SE SENTE - e eles começam a aceitar os outros.


Osho

APRENDENDO COM OS ERROS




Durante 24 horas, anote tudo o que você se lembre sobre como sabotou o seu relacionamento no passado - tudo em detalhes. Olhe o relacionamento por todos os ângulos e não repita esses padrões.

Isso se tornará uma meditação, e se o relacionamento permanecer num novo relacionamento ou não, isso é secundário. Se você conseguiu permanecer consciente enquanto faz isso, terá valido a pena.

Você sabe muito bem - todo mundo sabe, pois é impossível não saber o que se faz num relacionamento. Nos momentos de sanidade, você sabe muito bem. Nos momentos de insanidade, você se esquece; isso eu sei.

Portanto, antes que surjam esses momentos de insanidade, olhe. Escreva todas as coisas que você sempre fez para sabotar o seu relacionamento e mantenha uma cópia disso com você. Sempre que surgir uma situação em que os antigos padrões possam se repetir,olhe para ela.

A pessoa precisa aos poucos ir ficando mais alerta, e depois disso tudo fica maravilhoso. O amor é tremendamente belo, mas pode se transformar num inferno. Por isso, primeiro você aponta todas as coisas e depois não as repete. Você ficará tão feliz, só por ser capaz de não repetir esses padrões, que sentirá uma certa libertação. Essas coisas são obsessivas; elas são como neuroses, um tipo de loucura.

E, sempre que duas pessoas estão se amando, elas ficam juntas para serem felizes; ninguém vive junto para ser infeliz. Mas é assim que as pessoas continuam sendo burras. Mais cedo ou mais tarde, elas começam a tornar um ao outro infeliz, e a coisa toda se perde. Todos os sonhos são estilhaçados e mais uma vez se tornam uma ferida.


Osho, em "A Essência do Amor: Como Amar com Consciência e se Relacionar Sem Medo"

O PODER DO SILÊNCIO



"A calma é a nossa natureza essencial. O que é a calma? É o espaço interior ou a consciência onde as palavras aqui escritas são assimiladas e se transformam em pensamentos. Sem essa consciência, não haveria percepção, não haveria pensamentos nem mundo. Você é essa consciência em forma de pessoa.

Quando você perde contato com sua calma interior, você perde contato com você mesmo. Quando perde esse contato, você fica perdido no mundo. Sua mais íntima noção de si mesmo, de quem você é, não pode ser separada da calma. Ela é o EU SOU, mais profundo do que seu nome e da sua forma externa.

O equivalente ao barulho externo é o barulho interno do pensamento. O equivalente ao silêncio externo é a calma interior. Sempre que houver silêncio à sua volta, ouça-o. Isso significa: apenas perceba-o. Preste atenção nele. Ouvir o silêncio desperta a dimensão de calma que já existe dentro de você, porque é só através da calma que você pode perceber o silêncio. Note que, quando você percebe o silêncio à sua volta, você não está pensando. Você está consciente do silêncio, mas não está pensando.

Quando você percebe o silêncio, instala-se imediatamente uma calma alerta no seu interior. Você está presente. Nesses momentos você se liberta de milhares de anos de condicionamento humano coletivo.

Olhe para uma árvore, uma flor, uma planta. Deixe sua atenção repousar nelas. Note como estão calmas, profundamente enraizadas no Ser. Deixe que a natureza lhe ensine o que é a calma.

Quando você olha para uma árvore e percebe a calma da árvore, você também se acalma. Você se conecta à árvore num nível muito profundo. Você sente uma unidade com tudo o que percebe na calma e através dela. Sentir a sua unidade com todas as coisas é amor.

O silêncio ajuda, mas você não precisa dele para encontrar a calma. Mesmo se houver barulho por perto, você pode perceber a calma por baixo do ruído, do espaço em que surge o ruído. Esse é o espaço interior da percepção pura, da própria consciência. Você pode se dar conta dessa percepção como um pano de fundo para tudo o que seus sentidos apreendem, para todos os seus pensamentos. Dar-se conta da percepção é o início da calma interior.

Qualquer barulho perturbador pode ser tão útil quanto o silêncio. De que forma? Abolindo a sua resistência interior ao barulho, deixando-o ser como ele é. Essa aceitação também leva você ao reino da paz interior que é a calma. Sempre que você experimenta a calma e fica em paz.

Preste atenção nos intervalos - o intervalo entre dois pensamentos, o curto e silencioso espaço entre as palavras e frases numa conversa, entre as notas de um piano ou de uma flauta ou o intervalo entre a inspiração e a expiração. Quando você presta atenção nesses intervalos, a percepção de "alguma coisa" se torna apenas percepção. Dentro de você surge a pura consciência desprovida de qualquer forma. Você deixa então de identificar-se com a forma.

A verdadeira inteligência atua silenciosamente. A calma é o lugar onde a criatividade e a solução dos problemas são encontradas.

Será que a calma e o silêncio são apenas a ausência de barulho e de conteúdo? Não, a calma e o silêncio são a própria inteligência, a consciência básica da qual provêm todas as formas de vida. A forma de vida que você pensa que é, vem dessa consciência e é sustentada por ela. Essa consciência é a essência das galáxias mais complexa e das folhas mais simples. É a essência de todas as flores, árvores, pássaros e demais formas de vida.

A calma é a única coisa no mundo que não tem forma. Na verdade, ela não é uma coisa nem pertence a este mundo.

Quando você olha num estado de calma para uma árvore ou uma pessoa, quem está olhando? É algo mais profundo do que você. A consciência está olhando para a sua própria criação. A Bíblia diz que Deus criou o mundo e viu que era bom. É isso que você vê quando olha num estado de calma, sem pensar em nada.

Você precisa saber mais coisas do que já sabe? Você acha que o mundo será salvo se tiver mais informações, se os computadores se tornarem mais rápidos ou se forem feitas mais análises intelectuais e científicas? O que a humanidade precisa hoje é de mais sabedoria para viver.

Mas o que é sabedoria e onde ela pode ser encontrada? A sabedoria vem da capacidade de manter a calma e o silêncio interior. Apenas veja e ouça. Não é preciso nada além disso. Manter a calma, olhando e ouvindo, ativa a inteligência que existe dentro de você. Deixe que a calma interior oriente suas palavras e ações [...medite].

A maioria das pessoas passa a vida toda aprisionada nos limites dos próprios pensamentos. Nunca vai além das estreitas idéias já feitas, do sentido do "eu" condicionado ao passado.

Em você, como em cada ser humano, existe uma dimensão de consciência bem mais profunda do que o pensamento. É a essência de quem você é. Podemos chamá-la de presença, de percepção, de consciência livre de condicionamentos. Nos antigos ensinamentos religiosos, essa consciência é o Cristo interior ou a sua natureza búdica.

Descobrir essa dimensão liberta você do sofrimento que causa a si mesmo e aos outros, quando você conhece apenas esse pequeno "eu" condicionado e deixa que ele conduza sua vida. O amor, a alegria, a criatividade e a verdadeira paz interior só podem entrar em sua vida quando você atinge essa dimensão de consciência livre de condicionamentos.

Se você reconhecer, mesmo esporadicamente, que os pensamentos que passam por sua cabeça são meros pensamentos; se você consegue se dar conta dos padrões que se repetem em suas reações mentais e emocionais, é sinal de que essa dimensão de consciência está emergindo. Ela é o espaço interno em que o conteúdo de sua vida se desdobra.

A corrente do pensamento tem uma enorme força que pode muito facilmente levar você de roldão. Cada pensamento tem a pretensão de ser extremamente importante. Cada pensamento quer sugar sua completa atenção.

Eis um novo exercício espiritual para você praticar: não leve seus pensamentos muito a sério!

Com muita facilidade as pessoas ficam aprisionadas nas armadilhas de seus próprios pensamentos!

Como a mente humana tem um imenso desejo de saber, de compreender e de controlar, ela confunde opiniões e pontos de vista com a verdade. A mente afirma: "as coisas são exatamente assim". Você precisa ir além dos seus pensamentos para perceber que, ao interpretar a "sua vida" ou a vida e o comportamento dos outros, ao julgar qualquer situação, você está expressando apenas um ponto de vista entre muitos possíveis. Suas opiniões e pontos de vista não passam de um punhado de pensamentos. Mas a realidade é outra coisa. Ela é um todo unificado em que todas as coisas se interligam e nada existe em si e por si. Pensar fragmenta a realidade, cortando-a em pequenos pedaços, em pequenos conceitos.

A mente pensante é uma ferramenta útil e poderosa, mas torna-se muito limitadora quando invade completamente a sua vida, impedindo você de perceber que a mente é apenas um pequeno aspecto da consciência que você é.

A sabedoria não é um produto do pensamento. A sabedoria é um profundo conhecimento que vem do simples ato de dar total atenção a alguém ou a alguma coisa. A atenção é a inteligência primordial, a própria consciência. Ela dissolve as barreiras criadas pelo pensamento, levando-nos a reconhecer que nada existe em si e por si. A inteligência une a pessoa que percebe ao objeto percebido, num campo unificado de percepção. É a atenção que cura a separação."


 (Eckhart Tolle)

COMPREENDENDO A ACEITAÇÃO – OSHO



"Primeiro tente entender o significado da expressão: "Aceitação daquilo que É.
Buda sempre usa muito essa expressão. Na linguagem dele, a palavra é tathata,aceitação daquilo que é. 
Toda a orientação budista consiste em viver essa palavra, em viver com essa palavra com tamanha profundidade que a palavra desaparece e você se torna a aceitação daquilo que é.

Por exemplo, você fica doente. A atitude de aceitação daquilo que é consiste em aceitar a doença e dizer a si mesmo: “Tal é o caminho do corpo” ou “É assim que as coisas são”. 

Não lute, não comece a travar uma batalha. Depois que aceitar, depois que deixar de reclamar e parar de brigar, a energia passa a ser uma só por dentro. A ruptura se desfaz e muita energia passa a ser liberada, pois deixa de haver conflito e a própria liberação da energia passa a ser uma força de cura.

Algo está errado no corpo: relaxe, aceite isso e simplesmente diga para si mesmo, não só com palavras, mas sentindo profundamente: Tal é a natureza das coisas. O corpo é um conjunto, muitas coisas se combinam nele. O corpo nasce e está propenso a morrer. Trata-se de um mecanismo complexo e há toda a possibilidade de uma coisa ou outra sair errada. Aceite isso e não se identifique. Quando aceita, você fica acima, você transcende. Quando luta, você desce para o mesmo nível. 

Aceitação é transcendência. Quando aceita, você fica sobre uma colina e o corpo é deixado para trás. 

Você diz: "Sim, tal é a sua natureza. O que nasce tem de morrer e, se tem de morrer, às vezes fica doente. Não é preciso se preocupar tanto." — fale como se isso não estivesse acontecendo com você, só acontecendo no mundo das coisas.

Esta é a beleza: quando não está lutando, você transcende e deixa de ficar no mesmo nível. 
Essa transcendência torna-se uma força de cura. De repente o corpo começa a
mudar. 

O mundo das coisas é um fluxo; nada é permanente ali. Não espere permanência! Se esperar permanência neste mundo onde tudo é impermanente, você provocará inquietação. Nada pode ser para sempre neste mundo; tudo o que pertence a este mundo é momentâneo. Essa é a natureza das coisas.

Se você relutar em aceitar um fato, viverá o tempo todo na dor e no sofrimento. Se você o aceita sem nenhuma queixa – não num estado de impotência, mas de compreensão – , trata-se de aceitação daquilo que é.

Dali em diante você deixa de ficar preocupado e não existe mais problema.

O problema surgiu não por causa do fato, mas porque você não o aceitava
da maneira como estava acontecendo. Você queria que ele seguisse os seus
pensamentos.

Lembre-se, a vida não vai seguir você, você é que tem de segui-la. 
Com má vontade ou com alegria, a escolha é sua. 
Se você seguir com má vontade, sofrerá. Se segui-la com alegria, você se tornará um buda e a sua vida se tornará um êxtase."


Osho em Todos os Dias

sexta-feira, 6 de junho de 2014

O SOFRIMENTO QUE VEM DO APEGO...





"Todas as nossas misérias e sofrimentos não são nada mais do que apego. Toda a nossa ignorância e escuridão é uma estranha combinação de mil e um apegos. Nós estamos apegados a coisas que serão levadas no momento da morte, ou mesmo, talvez, antes.

Você pode estar muito apegado a dinheiro, mas você pode ir à bancarrota amanhã. Você pode estar muito apegado a seu poder e posição, mas eles são como bolhas de sabão. Hoje eles estão aqui; amanhã eles não deixarão nem um traço.

...Todas as nossas posições, todos os nossos poderes, nosso dinheiro, nosso prestígio, respeitabilidade são todos bolhas de sabão. Não fique apegado a bolhas de sabão; senão, você estará em contínua miséria e agonia.

...Compreender que a vida é feita da mesma matéria que os sonhos é a essência do caminho. Desapegue-se: viva no mundo, mas não seja do mundo. Viva no mundo, mas não permita que o mundo viva dentro de você. Lembre-se que ele é um belo sonho, porque tudo está mudando e desaparecendo.
Não se agarre a nada. Agarrar-se é a causa de sermos inconscientes.

Se você começar a se desprender, uma tremenda liberação de energia acontecerá dentro de você. A energia que estava envolvida no apego às coisas trará um novo amanhecer ao seu ser, uma nova luz, uma nova compreensão, um tremendo descarregar - nenhuma possibilidade para a miséria, a agonia, a angustia.

Ao contrário, quando todas essas coisas desaparecem, você se encontra sereno, calmo e tranqüilo, numa alegria sutil. Haverá um riso no seu ser.

...Se você se tornar desapegado, você será capaz de ver como as pessoas estão apegadas a coisas triviais, e quanto elas estão sofrendo por isso. E você rirá de si mesmo, porque você também estava no mesmo barco antes. O desapego é certamente a essência do caminho".


Osho, Bodhidharma, The Greatest Zen Master.

APRENDA A LIDAR COM AS PERDAS





Elas estão entre as piores dores da vida, e muita gente não sabe lidar com esse desconforto. É preciso amar sem se apegar, sem depender das pessoas nem esperar nada em troca. Só assim a felicidade é verdadeira!

A sensação de perda é uma situação terrível. Se você perdeu uma pessoa, se vê sem o perfume, o olhar e o apoio que lhe faziam tão bem. 
De repente, há o afastamento - e nós não aceitamos. Temos a ilusão de que aquela fonte ficará ali para sempre. No entanto, a vida levou essa pessoa, sinalizando que ela não é sua nem nunca lhe pertenceu.

Na vida, sem querer, nos agarramos a terceiros. E quando nos apegamos aos outros, pagamos um preço bem caro: dor, lágrimas e desespero. E eu te pergunto: será que a vida não está mostrando que já é hora de você viver por conta própria?
Se você souber amar cedendo, sem esperar nada em troca, com certeza será mais feliz. Quando o apego não existe, você fica livre para amar quem você quiser, com a intensidade que quiser e sem nunca ter medo do sofrimento, da perda e das mudanças inesperadas.

Quando amamaos com grandeza, não sofremos. E sabemos que o amor é exclusivamente nosso. Nínguem tem filhos, marido ou esposa: o que a gente tem é o amor por essas pessoas. Assim, podemos usufruir desses sentimentos com segurança.

A presença dessas pessoas, o jeito delas, as necessidades que elas têm são diferentes e podem mudar a qualquer momento. E muitas vezes tudo isso muda não para o lado que a gente quer. A vida tem uma sabedoria infinita e muda sempre para o melhor. E a gente só descobre isso tempos depois. Os bons momentos que vocês passaram junto já são o bastante. 
O importante, agora, é você entender que ainda haverá outras pessoas maravilhosas na sua vida. não deixe seu coração se acanhar e fica pequeno. Encare a realidade.

Eu sei que foi um choque para você, mas agora é hora de trabalhar o desapego. A partir de agora, viva das suas fontes interiores, que são ricas e inesgotáveis. Essas mudanças de pensamento não se dá do dia para a noite. Mas hoje você pode aliviar sua dor compreendendo que estava numa ilusão.

Tudo na vida acontece em ciclos: nós começamos, nos envolvemos e terminamos. E o fim de um ciclo é o início de outro. Se alguém partiu, chegou o momento de começar nova vida. Aprenda a dizer adeus e esteja aberta a novas experiências. Aceite isso - você se sentirá muito melhor, pode apostar!

Luiz Gasparetto

SOBRE O APEGO




“Todas as nossas misérias e sofrimentos não são nada mais do que apego. Toda a nossa ignorância e escuridão é uma estranha combinação de mil e um apegos. Nós estamos apegados a coisas que serão levadas no momento da morte, ou mesmo, talvez, antes. Você pode estar muito apegado a dinheiro, mas você pode ir à bancarrota amanhã. Você pode estar muito apegado a seu poder e posição, mas eles são como bolhas de sabão. Hoje eles estão aqui; amanhã eles não deixarão nem um traço. (…)

Todas as nossas posições, todos os nossos poderes, nosso dinheiro, nosso prestígio, respeitabilidade são todos bolhas de sabão. Não fique apegado a bolhas de sabão; senão, você estará em contínua miséria e agonia. Essas bolhas de sabão não se importam por você estar apegado a elas. Elas continuam estourando e desaparecendo no ar e deixando-o para trás com o coração ferido, com um fracasso, com uma profunda destruição de seu ego. Elas o deixam triste, amargo, irritado, frustrado. Elas transformam sua vida num inferno.

Compreender que a vida é feita da mesma matéria que os sonhos é a essência do caminho. Desapegue-se: viva no mundo, mas não seja do mundo. Viva no mundo, mas não permita que o mundo viva dentro de você. Lembre-se que ele é um belo sonho, porque tudo está mudando e desaparecendo.

Não se agarre a nada. Agarrar-se é a causa de sermos inconscientes.

Se você começar a se desprender, uma tremenda liberação de energia acontecerá dentro de você. A energia que estava envolvida no apego às coisas trará um novo amanhecer ao seu ser, uma nova luz, uma nova compreensão, um tremendo descarregar – nenhuma possibilidade para a miséria, a agonia, a angustia.

Ao contrário, quando todas essas coisas desaparecem, você se encontra sereno, calmo e tranqüilo, numa alegria sutil. Haverá um riso no seu ser. (…)

Se você se tornar desapegado, você será capaz de ver como as pessoas estão apegadas a coisas triviais, e quanto elas estão sofrendo por isso. E você rirá de si mesmo, porque você também estava no mesmo barco antes. O desapego é certamente a essência do caminho.”

Osho

DE LIBERDADE A QUEM VOCÊ AMA



Seres humanos são como pássaros: precisam de liberdade! Então, livre-se do sentimento de posse e aprenda a amar sem esperar nada em troca.

Eu entendo que é difícil lidar com a partida de uma pessoa querida. Dói encarar uma relação desfeita ou a separação de um filho.

De repente, sem que a gente queira, algo acontece e uma pessoa se afasta. E nós não aceitamos, porque sustentamos a ilusão de que aquela fonte de afeto é nossa, e que aquilo ficará ali para sempre. Mas a vida leva essa pessoa embora, sinalizando que essa pessoa não é sua. Você percebe, aliás, que ela nunca lhe pertenceu.

Agora eu pergunto: será que a vida não está mostrando que chegou a hora de você ser sua própria fonte? Sem querer, nós nos agarramos a terceiros. Vamos largar esse sentimento de posse! Se você souber amar, se dando e não esperando nada em troca, será mais feliz. Quando não existe apego, você fica livre para amar quem quiser, com a intensidade que puder, e sem ter medo do sofrimento, da perda e ou das mudanças que podem acontecer.

Quando amamos com grandeza, não sofremos. E sabemos que o amor é só nosso. Você não tem um filho: só tem o amor por ele. Ninguém tem marido ou esposa — apenas se tem amor por eles. Só assim podemos usufruir desses sentimentos com segurança. Porque as características e necessidades dessas pessoas são únicas e podem mudar. Chega uma hora em que a vida e as reclamações interiores são mais fortes, e o destino acaba mudando.
Infelizmente, a vida nem sempre muda para o lado que a gente quer. Mas um fato é certo: ela muda sempre para melhor. Pena que a gente só descobre isso depois de muito tempo. Então, não deixe seu coração se acanhar e ficar pequeno. Encare a realidade, porque a vida tem um fluxo, e nós precisamos saber acompanhá-lo. Se negamos essa inteligência, nos enchemos de raiva, ódio e inconformismo. Nos tornamos pessoas desagradáveis, tristes e lastimosas.

Tudo na vida anda em ciclos: nós começamos, nos envolvemos e terminamos. E terminar é o começo de outro ciclo — porque nada pára, tudo se transforma. Esteja aberta e encha-se de boas vibrações. Se você puder aceitar isso, vai se sentir muito melhor! Agora, procure um local tranqüilo e mentalize o trecho abaixo. Esse exercício vai ajudar você a lidar com essas situações.

"Eu tenho o bem, e ele me influencia, me hipnotiza, me envolve. O bem me inspira os bons sentimentos, a compreensão de fatos que eu não entendia.Tenho, dentro de mim, o empenho de acertar. Tenho desapego. Agradeço a oportunidade desta vida, deste momento. A vida me dá a lucidez para perceber o que meu espírito quer. Quero desenvolver comigo uma relação forte e boa. Quero ter autoconfiança. Quero me dar força para continuar, para ser quem sou. Eu quero estar firme comigo. E sei que, a partir de então, tudo dará certo. Eu preciso me entrosar com meu espírito, porque ele me tem, me banca e me bancará.

Quero dizer que estou aberta para ver o que preciso ver. Sei que, para enxergar a verdade, tenho de ser corajosa. Não quero dar trabalho a mim. Não quero escolher o caminho mais difícil. Quero trabalhar o bem e fruir o prazer da vida. Sou da paz, da cooperação. Porque isso é uma opção. E é nesse clima que eu quero ficar, porque essa é a minha atitude".


por: Luiz Antônio Gasparetto

APEGADO A NADA


O amor é a única libertação do apego. Quando você ama tudo, não está preso a nada. ... O homem aprisionado pelo amor de uma mulher e a mulher aprisionada pelo amor de um homem estão ambos sem condições de receber a preciosa premiação da liberdade.Mas o homem e a mulher que, graças ao amor, tornaram-se uma só pessoa, inseparáveis, indistinguíveis, estão bastante qualificados para receber o prêmio.
de O Livro de Mirdad, de Mikhail Naimy

O Livro de Mirdad é o livro que eu mais estimo. Mirdad é um personagem fictício, mas cada declaração e ato de Mirdad é imensamente importante. 

Ele não deve ser lido como um romance, mas como uma escritura sagrada, talvez a única escritura sagrada. E você pode perceber na afirmação acima um vislumbre do discernimento, da consciência, da compreensão de Mirdad. Ele está dizendo: O amor é a única libertação do apego... e você sempre ouviu que o amor é o único apego! Concordo com Mirdad: O amor é a única libertação do apego.

Quando você ama tudo, não está preso a nada. Na verdade, o fenômeno do apego precisa ser entendido. Por que você se agarra a algo? Porque tem medo de perdê-lo. Talvez alguém possa roubá-lo. Seu medo é que não possa ter amanhã o que você tem hoje. Quem sabe o que vai acontecer amanhã? A mulher ou o homem que você ama... Qualquer movimento é possível: vocês podem se aproximar ou podem se distanciar. Vocês podem novamente se tornar estranhos ou podem ficar tão unidos que não seria correto dizer nem mesmo que vocês são duas pessoas diferentes; é claro, existem dois corpos, mas o coração é um só, a canção do coração é uma só e o êxtase os envolve como uma nuvem. 

Vocês desaparecem nesse êxtase: você não é você, eu não sou eu. O amor passa a ser tão total, tão grande e irresistível que você não pode permanecer você mesmo; você precisa submergir e desaparecer. Nesse desaparecimento, quem se prenderá, e a quem? Tudo éQuando o amor desabrocha em sua totalidade, tudo simplesmente é. O receio do amanhã não surge, daí não surgir a questão do apego, do vínculo, do casamento, de qualquer tipo de contrato e cativeiro.


Osho, em "Amor, Liberdade e Solitude: Uma Nova Visão Sobre os Relacionamentos"

RESPEITE-SE




Você tem poder. É isso mesmo! Todos nós temos. E quando ganhamos a consciência desse poder, as forças do Universo trabalham a nosso favor e tudo caminha extraordinariamente bem. O grande porém é que geralmente nós nos encontramos divididos: uma parte de nós caminha e a outra fica, pois os medos e as inseguranças nos detêm.

Uma coisa que nos faz perder o poder é a maldita vaidade. Vaidade é a ilusão de que eu vivo com o que é do outro. É infantilidade, dependência, falta de foco em si mesmo. Quer ver? Você já deve ter ouvido esta frase: "Se você me amar, serei feliz". É uma mentira! Ninguém sente dentro de si o amor do outro. Outro exemplo: "Quando todo mundo me aceitar, me sentirei maravilhosa". Nada disso! Só quando você se aceitar é que realmente vai se sentir plena.

Você vive com aquilo que tem - suas emoções, seus sentimentos, sua cabeça -, não com o que é do outro. É um erro passar a maior parte da vida submetido à aprovação e ao apoio do outro. A gente incorpora um personagem qualquer e sacrifica o próprio espírito. E vou mais longe: quanto mais poder você dá à fofoca, mais ela vem. Quanto mais poder você dá às críticas ou às perdas, mais elas ocorrem. Se você dá poder aos outros, com certeza está se rebaixando. Preste atenção: ninguém é menor que ninguém. Pare com isso e mude já essa situação!

Quanto mais importância e poder você der a seus objetivos, seus sentimentos e sua verdade, mais fortes eles ficarão. Respeitar-se é fundamental. Não importa se as pessoas te criticam ou te elogiam. O que importa é você para você! Reconheça que você é capaz de tudo. Sem ter a consciência do próprio poder, você fica com medo da vida, de não dar conta, de sofrer. Para se realizar, é preciso reverter esse quadro.

Então, acorde! Recupere sua lucidez espiritual e liberte-se das imposições morais. Afinal, elas só nos mantêm pequenos e submissos. Jogue fora tudo que te deixa fraca, culpada, desprezada, resistindo ao seu verdadeiro anseio de vitória. É um grande trabalho, mas se você não investir em si mesma, quem o fará? Não há ninguém maior que você! Dê apoio integral a si mesma e sinta as mudanças acontecerem na sua vida. Quando você está no seu poder, você arrasa!


Luiz Gasparetto

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 03 DE JUNHO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Visto que abundância é o seu estado natural de ser, sua alma sempre procurará trazê-los de volta a essa posição.

Quantas vezes vocês se desesperaram com alguma coisa e então desistiram e como mágica se resolveu?

Isto é porque quando vocês finalmente saem de seu próprio caminho, o universo tem a chance de fazer o que ele sempre procura fazer – proporcionar para vocês.

Estar na sua posição de vibração mais alta de entrega, fé, fluxo e aceitação aberta é o modo mais garantido de permitir que o universo faça exatamente isso.

Arcanjo Gabriel


MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 02 DE JUNHO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Aceitação – aceitação verdadeira e total do outro exatamente como ele é, é um tremendo presente amoroso para ser dado.

É dizer: eu vejo você como a parte única, divina e linda da Fonte que você verdadeiramente é.

É honrar a outra pessoa como sendo completamente qualificada para tomar suas próprias decisões em seu próprio caminho único.

É celebrar o outro como sendo um aventureiro amigo adicionando ao mosaico do planeta.

É sorrir e acenar, a partir do seu coração, para o outro.


Arcanjo Gabriel

quinta-feira, 5 de junho de 2014

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL


DE 31 DE MAIO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Vocês já perceberam que quando vocês têm dinheiro suficiente para cobrir todos os seus desejos e necessidades, vocês se sentem calmos e confortáveis e capazes de apenas SER 

Por que vocês acham que é assim?

Porque a abundância é o seu estado natural, Queridos.

O conforto é o seu estado natural.

A segurança é o seu estado natural.

Estar focalizado no não ter o suficiente é horrível para vocês porque é tentar operar de fora do seu estado natural.

Vocês entendem?

Aceitem a abundância como uma parte do seu estado de SER e vocês mudarão seu relacionamento com o dinheiro para sempre.

Arcanjo Gabriel


MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 30 DE MAIO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Se vocês tirarem um momento para enxergar aquilo que querem ver, vocês verão a beleza da expansão ao seu redor.

Árvores brotando.

Novo desabrochar de flores.

A barriga de uma futura mamãe, preenchida com a promessa de uma nova vida.

Há uma beleza no crescimento, na nova criação que sua alma reconhece como a energia da Fonte em ação.

É por isso que a resistência parece tão horrível – ela é a tentativa de negar o que a energia da Fonte faz, que é crescer, expandir, criar e conhecer ainda mais de si mesma.

Vocês entendem?

Quando vocês aceitam com disposição seu próprio crescimento e expansão, vocês estão se demonstrando e se celebrando como uma parte linda e vital da energia da Fonte.

Arcanjo Gabriel


MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 29 DE MAIO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Algo incrível acontece quando vocês abordam seu dia com a intenção de estar no mais alto serviço a todos.

Vocês automaticamente entram no seu mais alto alinhamento.

Vocês ficam calmos e equilibrados.

Vocês permanecem presentes no momento do Agora e aceitam para onde o fluxo os leva.

Por escolher estar no mais alto serviço a todos, vocês serão capazes de demonstrar o serviço equilibrado, porque vocês se incluem em sua missão de bem-estar.

Vocês permitirão que o universo trabalhe através de vocês por aceitar aonde o fluxo os levas e por saber que onde vocês estão é divinamente perfeito.

Que abordagem adorável da vida como um humano.

Arcanjo Gabriel