sábado, 29 de março de 2014

APRENDENDO SOBRE A FLOR DA VIDA - VÍDEO

COISAS QUE APRENDI DEPOIS DOS 40 ANOS



Amor não se implora, não se pede não se espera...

Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.

As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.

Água é um santo remédio.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.

A criatividade caminha junto com a falta de grana.

Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.

As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Há poesia em toda a criação divina.

Deus é o maior poeta de todos os tempos.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.

Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.

Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor

O amor... Ah, o amor...

O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...

Não há vida decente sem amor!

E é certo, quem ama, é muito amado.

E vive a vida mais alegremente...


Artur da Távola
Fonte: Portal Arco íris

MEDITANDO COM A VIDA - OSHO





Apenas tente caminhar muito vagarosamente, e se surpreenderá -- uma nova qualidade de percepção começa a acontecer no corpo.

Coma vagarosamente, e se surpreenderá -- há um grande relaxamento. Faça tudo vagarosamente... apenas para mudar o antigo padrão, apenas para sair de hábitos antigos. 

Primeiro, o corpo tem que se tornar completamente relaxado, como uma criança pequena; somente então comece com a mente. Mova-se cientificamente: primeiro o mais simples, então o complexo, então o mais complexo. E somente então você pode relaxar no centro definitivo...


OSHO

CADA UM DECIDE COMO QUER SEGUIR O CAMINHO



O Plano Divino, que está em cada coração humano, prevê o caminho da Luz e sua realização, não importando em que ponto se encontre hoje. Por isso, o início do caminho da Luz é sempre um ponto alto na vida de uma pessoa. É o começo de um longo caminho, no fim do qual se encontra o domínio de todo saber terreno.

Em qualquer parte desta senda estais também vós, amados buscadores da Luz, que reconhecestes que a vida de uma pessoa mediana não traz satisfação, que existem coisas mais elevadas do que o mundo material ao qual pertence somente vosso corpo físico. Muitas dimensões ainda deverão ser alcançadas, os diferentes planos de vibração, aos quais pertencem vossos corpos sutis. Também estes, e especialmente estes, são importantes para vossa evolução.

O caminho de vida dos humanos prevê o alunado. Algum dia eles alcançam o ponto em que grandes professores se dediquem a eles, conduzindo-os. Aos poucos afastam-se dos acontecimentos cotidianos e dirigem-se aos valores interiores, àquilo que alimenta e atinge o espírito.

Se vós, amados amigos, estiverdes nesse ponto de vosso caminho, será importante decidir em que marcha quereis continuá-lo. Cada qual, algum dia, estará diante dessa decisão e nós não temos a possibilidade de decidir por ele. É preciso saber onde estais e como deve prosseguir vosso caminho, se na mão dos grandes professores, dos quais agora sabeis, ou dentro do vosso modo de vida habitual, sem grandes altos e baixos.

Colocamos-vos diante dessa decisão, já que não há tempo a perder para prosseguir a caminhada, incluindo as forças da Luz em vosso trabalho. Essa decisão é vossa, nós não podemos tomá-la por vós. Mas, se quiserdes caminhar à nossa mão, deixai que o saibamos. Damos-vos, então, as possibilidades em vosso caminho, nas quais deveis aprender - todas as coisas que ainda deveis integrar à vossa vida. Muitas vezes as tomais como pedras em vosso caminho. Entretanto, são as verdadeiras lições que deveis dominar para prosseguir nesta direção ascendente. Vossa vida será vosso professor e isso nem sempre será de vosso agrado. Mas, podemos prometer que estaremos ao vosso lado se vos esforçardes para progredir. Sempre serão colocadas as forças, que vos possibilitam superar todos os incômodos que chegam ao vosso viver.

Dizemos-vos tudo isso, para melhor poderdes ver onde segue vossa existência. A forte, pura Luz, é vossa meta. Dirigi-vos a ela e deixai-a fluir ao vosso mundo. Sempre vos será de ajuda em todas as maçadas, que vos acontecerem. Abençoamos a Luz de vossos corações e nela colocamos nosso amor, para que se expanda e a chama da iluminação flameje, possibilitando-vos tomar a decisão certa.

Bênção e amor estão sempre convosco e em todos os vossos esforços por iluminação e sabedoria.



Fonte: Die Brücke Zur Freiheit e. V.

EU SOU O QUE SOU



“Tudo o que nasce deve morrer; tudo o que é adquirido será perdido.Você nasceu? Não, você existe eternamente. O Eu Real nunca pode ser perdido.Você impõe limitações a si mesmo e depois luta em vão para transcendê-las. Toda infelicidade e miséria vem do ego. Ele é a origem de todos os seus problemas.Um "eu" imaginário surge entre a Pura 

Consciência e o corpo inerte e se imagina limitado ao corpo. Busque esse eu e ele desaparecerá como uma miragem.Basta que você se entregue. A entrega é abandonar-se à Fonte do seu ser. Não se iluda pensando que essa Fonte é algum Deus fora de você. A Fonte está dentro. Abandone-se a ela. Isso significa que você deve buscar a Fonte e mergulhar nela.Você é o Eu Real mesmo agora, mas você confunde a sua consciência atual, ou ego, com a Consciência Absoluta, ou Eu Real.Essa falsa identificação existe devido à ignorância, e a ignorância desaparece junto com o ego. 

Transcender o ego é a única coisa a ser feita. A Realização já existe – não é necessário tentar alcançá-la.O seu dever é Ser, e não ser isso ou aquilo. "Eu sou o que sou" resume toda a Verdade. E o método é a quietude.”


Sri Ramana Maharshi

TEMPO PARA VIVER



A mediocridade é o estado geral da humanidade. É um retardamento da inteligência. Uma pessoa medíocre é como uma árvore que tem as raízes continuamente cortadas para não poder crescer. A pessoa medíocre nunca sabe o que é frutificar, florir, espalhar perfume. Para manter a mediocridade de uma pessoa medíocre, uma coisa muito estranha tem de ser colocada na cabeça dela: que ela é extraordinária.

A pessoa comum é a pessoa natural.

A natureza não produz pessoas espe­ciais.

Ela produz pessoas únicas, mas não especiais.

Todo mundo é único à sua própria maneira.­

Quando falo sobre ser comum, estou descartando a idéia de ser extraor­dinário, que mantém você medíocre. Ser comum é a coisa mais extraor­dinária deste mundo. Basta olhar para você. Dói muito, é doloroso aceitar que você não é extraordinário? Então observe o que acontece quando você aceita a idéia de que é comum. Um grande peso sai dos seus ombros. De repente, você está num espaço aberto, natural, simplesmente do jeito que você é. A pessoa co­mum tem uma singularidade, simplicidade, humildade. Por causa dessa simpli­cidade, dessa humildade, dessa singularidade, ela se torna realmente extraordi­nária, embora nem faça idéia disso.

As pessoas que são humildes, e simplesmente aceitam que são tão comuns quanto todo mundo, você vê um brilho nos olhos delas. Elas têm graça nos movimentos. Você não as verá competindo, não as verá trapaceando. Não as verá traindo ninguém. Elas não são contraditórias. 

Não são hipócritas.

E quem é a pessoa que se acredita extraordinária?

Aquela que sofre de um enorme complexo de inferioridade. Para encobri-lo, ela projeta simplesmente a idéia oposta. Mas só está enganando a si mesma; ela não engana mais ninguém.

As pessoas medíocres têm um problema. Elas não toleram que ninguém seja melhor do que elas, pois isso destrói sua ilusão de que são extraordinárias.

Mas ninguém pode tirar de você a sua condição de pessoa comum. Isso é algo que não é uma projeção, mas uma realidade.

Se quer viver de modo autêntico e sincero, então seja simplesmente co­mum. Então ninguém pode competir com você. Você fica de fora da corrida da competição, que é destrutiva.

De repente, você é livre para viver.

Tem tempo para viver.

Pode rir, pode cantar, pode dançar. Mas a mente medíocre não tem capa­cidade para entender. Envelhecer, todo animal envelhece. Crescer é algo que só os seres humanos podem fazer. E o primeiro passo é apenas aceitar a sua sim­plicidade, a sua humildade.


OSHO

CURA




Todo convite da auto investigação é para você entrar para dentro do silêncio.

O silêncio é a ausência de briga interna.

Quando os pensamentos são investigados, eles deixam de distorcer a realidade.

E quando você começa a viver na realidade, os pensamentos deixam de ser problema.

Então você pensa quando tem de pensar, mas não há um pensar compulsivo.

Qual a diferença?

O pensar compulsivo é sempre um desejo de mudar a realidade, um sentimento de que deveria acontecer algo diferente do que está acontecendo. Agora ou no futuro.

O pensar saudável é um pensar natural. Quando preciso conversar, converso. Quando preciso de comida, vou até a geladeira. Quando quero ver um filme, vou na locadora ou ligo a tv. Quando quero me divertir, vou me divertir. Neste pensar saudável não há stress ou conflito.

O pensar compulsivo é neurótico. Dialogar sem parar dentro da cabeça é cansativo. Fazer planos para o futuro a cada cinco minutos é estafante. 

Desejar que a vida seja diferente do que ela é agora é completamente inútil.

A cura de todos os males é descobrir qual a essência de si mesmo e se 
entregar a isso.


Natta Naseeb

Fonte: Portal Arco íris

LINDO MANTRA PARA ACALENTAR A ALMA



“Baba Nam Kevalam“.
Baba significa “O meu amado”,
Nam significa “nome” ou “vibração”
e Kevalam significa “apenas”.
Então o significado literal do mantra é
“tudo o que existe é o meu amado”
ou, mais simplesmente,

“Amor infinito é tudo o que existe“.

COM TODO AMOR
MARGARIDA

segunda-feira, 24 de março de 2014

AO FALAR DE PAZ,CONSIDERE AS FLORES...




"Pode parecer quase inútil falar de paz quando tudo que vemos à nossa volta está em contínuo estado de "falta de paz".

Mas considere as flores. Elas também vivem neste ambiente sem paz. Elas também têm que suportar a poluição e o declínio do mundo da natureza. No entanto, seja onde estiverem, à beira da estrada congestionada, no deserto, em meio aos espinhos, elas são eternamente belas e perfumadas. Nós também somos como flores. Somos as flores do jardim de Deus.

Nesse jardim universal da correria diária também somos ameaçados pela poluição e circunstâncias desagradáveis. Mas sendo flores, é possível viver em nosso estado natural de paz e espalhar nossa fragrância ao redor."


Brahma Kumaris

SABEDORIA DOS ANJOS - ABUNDÂNCIA




com Sharon Taphorn
21 de Março de 2014

Escolha viver com abundância.

Concentre-se no que gosta de fazer e invista com sabedoria em seu tempo e dinheiro. Você está agora preparado para começar a criar a vida que aprecia, fazer atividades que gosta e experienciar a alegria de viver com abundância.

A energia que retorna a você quando você faz uma contribuição significativa ao mundo, ao seu redor, é uma recompensa e lhe permite crescer espiritualmente, abrir o seu coração, ganhar compaixão e ter uma vida valiosa e gratificante.

Use a energia de uma experiência bem sucedida para ajudar a criar mais do que você deseja para si mesmo. Lembre-se dos sentimentos que você sentiu do seu passado quando esteve no topo do mundo, alcançou o sucesso e teve uma grande satisfação pessoal.

Pare por um momento e permita que este sentimento se fortaleça cada vez mais. Sinta a satisfação em seu corpo, em sua mente e em seu coração. Então, tranqüilize-se e se imagine ampliando esta energia. Imagine que estes sentimentos estão crescendo, como um vórtice de energia em espiral dentro de você e aumentando cada vez mais, até que esteja além do seu corpo físico.

Visualizar que você está aumentando estes sentimentos de satisfação e de felicidade, juntamente com as suas intenções de ter mais coisas boas aparecendo em sua vida, é tudo o que é realmente necessário.

Afirmação: “Escolho ter uma vida abundante. Valorizo-me e agradeço por uma vida maravilhosa.”

E assim é.

Você é ternamente amado e apoiado, sempre.

Os Anjos e Guias

Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.

Grata
www.playingwiththeuniverse.com


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

COMANDOS ESTELARES


“COMANDO SANTA ESMERALDA - Esse Comando que tem a liderança na Terra do amado mestre Hilarion, tem relação com o 5º raio verde, que representa entre muitas de suas qualidades a cura medicinal e espiritual. Esse comando representa a equipe de cura estelar da alma, de reconexão das realidades paralelas da alma que vocês possuem.

COMANDO SANTA AMETISTA - Este outro Comando é pouco conhecido e como o nome já indica, se refere aos seres que atuam dentro do processo de requalificação magnética, vibracional e transmutação cármica planetária e consciencial. Por este motivo são diversos seres de luz que atuam dentro desse Comando e também interagem com os outros seres de luz dos demais Comandos e especialidades. Neste Comando a atuação dos reinos Dévico, Elohins e Comandos diversos é muito forte, além da presença de pesquisadores de diversos setores dimensionais. O trabalho de remoção da barreira de frequência de exílio e quarentena da Terra, está a cargo desse importante grupo, assim como as trocas de informações e de mútua ajuda em relação ao Comando Santa Esmeralda, que de maneira geral, também é de transmutação, pois a CURA é uma forma de transmutação.

COMANDO CANOPIANO - Canopus é a segunda estrela mais brilhante de vosso céu e representa um importante grupo de recuperação consciencial e de mestres de luz, uma grande parte deles atuam dentro do Conselho Cármico e possuem uma delegação de almas encarnadas na Terra para ajudar no processo evolutivo e consciencial, assim como eles ajudam os outros Comandos que estão buscando reverter os erros do passado, representam um forte poder de paz e orientação espiritual para a vossa galáxia. Muitos dos mestres de outros centros importantes da vossa galáxia partiram de Canopus.

COMANDO SIRIANO - Este Comando representa a ação de operação resgate por parte do povo siriano, que atua em diversas realidades e recebe sustentação do LOGOS ALFA & ÔMEGA, que tem a sustentação direta de SANANDA e ARCANJO MIGUEL. A atuação desse Comando está submetida ao Comando Estelar diretamente, assim como todos os outros Comandos da luz. A Ordem Melchizedeck, Lanonadeck e Voronandeck estão presentes dentro deste Comando de forma bem intensa e também do Conselho Cármico.

COMANDO VEGANIANO - Um Comando que está desenvolvendo um importante trabalho de resgate cármico para com a humanidade e com a Terra. Atualmente são cerca de 5 delegações desse sistema estelar, que estão buscando um forte resgate e sustentação de requalificação das linhas eletromagnéticas que existem entre Vega e a Terra a partir do polo norte. Como o mesmo está mudando, a Terra está sendo desconectada dessa sintonia e os grupos de Vega estão ajudando na mudança de polos e requalificação dos reinos mineral e vegetal, além de resgatar seus filhos perdidos na Terra. Vega fica a cerca de 26 anos luz de vosso mundo, no ponto central no polo norte existe um importante duto de energia que está sendo mudado para outro setor galáctico, para ajudar no salto quântico, uma vez que Vega também está dando um importante salto.

COMANDO VENUSIANO - Este grupo trabalha diretamente ligado ao Comando Siriano, por ter origens diretas e Vênus ser na verdade um posto avançado do passado de Sírius e de seus diversos grupos administrativos. Atualmente esse comando ajuda no processo de requalificação do Conselho Cármico terrestre e dos grupos de despertar consciencial da humanidade e regeneração do DNA das novas crianças, em especial as de DNA mutado como as crianças índigo e suas companheiras de missão. Os grupos de cidades e seres intraoceânicos também são atendidos e reciclados pelo Comando Venusiano.”


(Fonte: Rodrigo Romo)

O FOCO DA GRATIDÃO




A vida nos apresenta surpresas, boas ou não... mas, poucas vezes agimos para aproveitar todas as oportunidades que nos chegam com os acontecimentos, especialmente com os ditos ruins, que surgem de forma inesperada.

Quase sempre nossa primeira reação é não aceitar aquilo, principalmente se julgamos que é injusto passar por algo que não merecemos.

Lembrando que ninguém colhe o que não plantou, julgar qualquer coisa que nos acontece como injusta, vem do nosso ego, que só enxerga o problema como um fato isolado sem colocá-lo dentro de um contexto mais amplo, como algo que está além da compreensão dos nossos cinco sentidos e que, de uma forma ou de outra, somos responsáveis pela criação daquele problema na nossa realidade.
Então, é muito importante assumir que somos 100% responsáveis por tudo que atraímos, entendendo que, mesmo que não esteja ao alcance da nossa compreensão consciente, faz parte do que viemos para liberar e aprender nessa nossa jornada aqui na Terra.

Se não aceitamos o que já aconteceu, estamos resistindo a todo o Universo que agiu para que aquilo se manifestasse em nossas vidas, daquela forma, e resistir só faz com que as energias naturais de resolução não possam agir ali; criamos um cabo de guerra com o Universo e, com certeza, com essa atitude seremos perdedores.
Depois da não aceitação e resistência costumam vir as lamentações e reclamações... Essa parte é bem ruim porque sempre nos coloca na posição de vítimas indefesas... e, resistir e nos colocarmos como vítimas não resolve nada, pelo contrário, só cria mais e mais da mesma situação.

Entendo que o Universo manifesta aquilo em que colocamos nosso foco. Se estamos reclamando de algo que não queremos em nossa vida, a cada reclamação colocamos nosso foco aí e é mais disso que vamos atrair. Portanto, diante de qualquer situação que consideremos ruim, sempre devemos evitar o foco excessivo no problema e, uma coisa que nos ajuda nesse ponto é colocar nosso foco na gratidão.

Tendo a compreensão de que em tudo existe sempre uma oportunidade de aprendizado, vamos buscar motivos para sermos gratos, mesmo nas situações onde aparentemente não existam esses motivos. Se nos distanciarmos um pouco e olharmos tudo sob a perspectiva de um plano maior, a partir do contexto da evolução da nossa Alma, encontraremos muitos motivos para agradecer por qualquer coisa em nossas vidas.

O ego só vê o problema, que fica cada vez maior, alimentado pelos pensamentos destrutivos e pelas reclamações. A Alma percebe aquilo como uma oportunidade de evolução, como algo que viemos aqui para aprender com... e não como algo que estamos passando para sermos punidos.

Com essa visão sobre o problema, fica mais fácil entregar o controle a uma força maior e esperar que as coisas se resolvam de uma forma mais natural, sem tanta interferência dos nossos medos e memórias de experiências passadas, que sempre fazem com que tudo pareça pior do que realmente é.

Colocar nosso foco na gratidão opera verdadeiros milagres e nos afasta um pouco do controle do ego, abrindo as portas para que possamos agir guiados por Inspiração Divina.


Rubia A. Dantés

SABEDORIA DOS ANJOS - CONHECIMENTO



com Sharon Taphorn
20 de Março de 2014
Seja determinado

Continue a avançar e confie em si mesmo. Você tem a capacidade de criar magicamente o que realmente deseja quando acredita em si mesmo e sabe que você pode. Desligue-se do resultado de como isto chegará e apenas se concentre no fato de que isto irá acontecer. Você prospera através do poder do seu pensamento, assim faça escolhas e tenha pensamentos sábios e otimistas em relação a si mesmo.

É a sua confiança em seu conhecimento, sem dúvida, que ajudará a criar os resultados que deseja. Parte do seu desejo de vir à Terra neste momento decorre de sua sede pelo desafio e pela expansão e estes sempre trarão a mudança de toda espécie, pois é assim que você vê que cresceu.

Este é um momento para ser inspirado e sentir a coragem de embarcar na jornada de viver a sua vida com o propósito de ser feliz, de ver a dádiva e a beleza que está ao seu redor e se capacitar para ser um sucesso inspirador em tudo o que você escolher.

Afirmação: “Eu continuo ansiosamente com o conhecimento de que devo ser bem sucedido e sou incentivado e fortalecido pela beleza e pelas dádivas que estão ao meu redor e disponíveis para mim.”

E assim é.

Você é ternamente amado e apoiado, sempre.

Os Anjos e Guias
Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.
Grata
www.playingwiththeuniverse.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br   

sábado, 22 de março de 2014

PENSAMENTOS COTIDIANOS



Por vezes, faltam-vos os bens materiais para fazerdes todo o bem que gostaríeis de fazer.

Mas isso não deve entristecer-vos, pois não estais absolutamente desprovidos de meios.

Cruzais-vos com um mendigo na rua e dais-lhe algum dinheiro, lamentando não poder dar-lhe mais, mas podeis ajudá-lo de outra forma: utilizando o pensamento.

Parai um pouco mais adiante e aí, discretamente, concentrai-vos projetando em todos os que passam o vosso desejo de fazer algo de útil por aquele homem.

Aquilo que vós próprios não podeis dar, outros, inspirados por vós, serão conduzidos a dar-lhe e vós tereis participado nessa dádiva.

Não penseis que a vossa generosidade se limita àquilo que vós próprios sois capazes de fazer pessoalmente; ela pode manifestar-se através de outros.

E isso é válido também para todos os casos em que quereis ajudar alguém mas não tendes possibilidades materiais para isso.

O que conta é alimentar sempre em si bons pensamentos e alimentá-los com tanta intensidade que eles acabam por inspirar outros a desejar realizá-los.

  OMRAAM  MIKHAËL  AÏVANHOV 


Extraído do Livro: PENSAMENTOS COTIDIANOS

EMOÇÕES


"A emoção nasce no lugar onde a mente e o corpo se encontram. É a reação do corpo à nossa mente ou, podemos dizer, um reflexo da mente no corpo.

Em geral, não temos consciência de todos os nossos padrões de pensamento. Só é possível trazê-los à consciência quando observamos nossas emoções.
Quanto mais identificados estivermos com nosso pensamento, com as coisas que nos agradam ou não, com nossos julgamentos e interpretações, ou seja, quanto menos presentes estivermos como consciência observadora, mais forte será a carga emocional, tenhamos ou não consciência disso.

Se quisermos conhecer mesmo a nossa mente, o corpo sempre nos dará um reflexo confiável. Portanto, observe a sua emoção ou melhor, sinta-a em seu corpo... Você pode permitir que a emoção esteja ali, sem deixar que ela assuma o controle. Você não é mais a emoção. Você é o observador, a presença que observa.

Concentre sua atenção dentro de você. Sinta a energia da emoção. Se não há emoção presente, concentre sua atenção mais fundo no campo da energia interna do seu corpo. Essa é a porta de entrada para o Ser.

Uma emoção, em geral, representa um padrão de pensamento amplificado e energizado. Por conta da carga energética quase sempre excessiva que ela contém, não é fácil, a princípio, termos condições de observá-la. A emoção quer assumir o controle, e quase sempre consegue, a menos que você esteja presente e alerta. Se você for empurrado para uma identificação inconsciente com a emoção, ela se tornará, temporariamente, ‘você’. É comum se estabelecer um círculo vicioso entre o pensamento e a emoção porque um alimenta o outro. O padrão do pensamento cria um reflexo amplificado em si na forma de uma emoção, fazendo com que a frequência vibratória desta permaneça alimentando o padrão do pensamento original. Ao lidar mentalmente com a situação, acontecimento ou pessoa que é identificada como causadora da emoção, o pensamento fornece a energia para a emoção, a qual, por sua vez, energiza o padrão de pensamento, e assim por diante.

Quanto mais a mente tenta se livrar do sofrimento, mais ele aumenta. A mente nunca pode achar a solução, nem pode permitir que encontremos a solução, porque é, ela mesma, uma parte intrínseca do ‘problema’.

Não nos livraremos desse sofrimento enquanto não extrairmos o sentido de eu interior da identificação com a mente, ou seja, do ego. A mente é, então, derrubada da sua posição de poder, e o Ser se revela em si mesmo, como a verdadeira natureza da pessoa.

Precisamos nos tornar plenamente conscientes de nossas emoções e sermos capazes de senti-las, antes de sermos capazes de sentir aquilo que está além delas. A palavra emoção significa, literalmente, ‘desordem’. A palavra vem do latim emovere, que significa ‘movimentar’.”

As emoções... sendo uma parte da mente dualística, estão sujeita à lei dos opostos.
Enquanto estivermos identificados com as nossas mentes, o que significa dizer, enquanto estivermos inconscientes espiritualmente, o sofrimento será inevitável. Refiro-me aqui ao sofrimento emocional, que é também a causa principal do sofrimento físico e da doença. O ressentimento, o ódio, a autopiedade, a culpa, a raiva, a depressão, o ciúme e até mesmo uma leve irritação são formas de sofrimento. É o inseparável oposto, que se manifestará com o tempo.”


Eckhart Tolle em O Poder do Agora

terça-feira, 18 de março de 2014

NÃO ATIRE PEDRAS



Não atire pedras

 Há uma história que ilustra bem o que é ter capacidade de estar em paz consigo mesmo.

 Conta-se que certo dia um grupo de pessoas raivosas se aproximou de Buda e começou a ofendê-lo. A cada impropério que eles diziam, Buda perguntava: “E do que mais vocês não gostam em mim?” Depois de nova ofensa, ele olhava as pessoas com maior interesse e ouvia tudo em silêncio respeitoso até que após algum tempo disse ao grupo: “Vocês me desculpem, eu preciso sair porque tenho um compromisso. Mas gostaria de marcar outro encontro com vocês amanhã para continuar a desabafar”.

As pessoas ficaram surpresas e uma delas perguntou: “Buda, o que está acontecendo? Nós o estamos ofendendo há algumas horas, você nos ouve com o maior interesse e ainda pede que voltemos amanhã para continuar com nossas ofensas? Pensamos que você fosse brigar conosco”.

Buda então respondeu: “Vocês chegaram dez anos atrasados. Antes eu realmente reagia ao que as pessoas faziam ou diziam. Mas agora consigo agir baseado em minha consciência, e não nas ações dos outros”.


Roberto Shinyashiki.

FAÇA AS PAZES COM SEUS SENTIMENTOS



Uma vez que pode sentir o que realmente está ali, você tem uma escolha. 

Na verdade, várias escolhas. Pode empurrar o sentimento de volta para dentro. Pode se culpar por não ser uma boa pessoa. Pode atacar o sentimento, lamentar ou se desculpar por ele.

Nenhuma dessas alternativas é produtiva, pois conduzem às mãos da sombra, reforçando o sentimento indesejado e tornando-o ainda mais indesejável. Parece estranho, mas os sentimentos têm sentimentos. 

Sendo parte de você, eles sabem quando são indesejados.

O medo coopera ao se esconder; a raiva coopera fingindo não existir. Isso já é metade do problema. Como você pode curar um sentimento indesejado, quando ele está agindo contra? Não pode. Até que você faça as pazes com seus sentimentos negativos, eles persistirão.

A maneira de lidar com a negatividade é reconhecê-la. Não é necessário nada mais. Nada de confrontos dramáticos, nada de catarse. Sinta o sentimento, seja ele raiva, medo, inveja, agressividade ou qualquer outra coisa, e diga: “Eu o vejo. Você me pertence”.

Você não precisa se sentir bem quanto ao sentimento indesejado. Isso é um processo. A raiva e o medo retornarão, assim como qualquer emoção profundamente oculta. Quando uma delas voltar, reconheça. A medida que o tempo for passando, a mensagem será compreendida.

Seus sentimentos indesejados começarão a se sentir indesejados. 

Quando isso acontecer, você começará a ouvir a história deles. Dentro de todo sentimento há uma história: “Sou assim por essa razão”. Seja aberto para a história que surgir, independentemente de qual seja.

Todo trauma do passado, de um acidente automobilístico a uma rejeição amorosa, desde perder o emprego até fracassar na escola, tudo isso depositou resquícios na sombra. Você vem acumulando o que alguns psicólogos chamam de “débito emocional com o passado”.

Para pagar esse débito, ouça a história que há por trás dele. Digamos que a história seja: “Jamais superei o fato de não ter conseguido entrar para o time de futebol” ou “Sinto-me culpado por ter roubado dinheiro da bolsa de minha mãe”.

A maioria das histórias está enraizada na infância, porque essa é uma época do aprendizado da culpa, da vergonha, do ressentimento, da inferioridade e de toda a negatividade básica que trazemos conosco. 

Tendo ouvido a história, seja receptivo.

Diga a si mesmo que você teve uma razão válida para se ater à negatividade. Você não tinha escolha, porque o sentimento foi secretamente guardado, depois permaneceu escondido. Dessa forma, você não fez nada de errado. Os sentimentos antigos ficaram por perto para protegê-lo de se ferir do mesmo modo.

Agora, faça as pazes com isso, e você terá transformado algo negativo em positivo. O medo não permaneceu para feri-lo; ele achou que você precisasse estar atento no caso de outra mágoa — caso outra garota o rejeitasse, outro parente debochasse de você, outro patrão o despedisse.

Mas essas coisas não vão mais acontecer, pelo menos não exatamente da mesma maneira. A última coisa que você quer é reciclar essas antigas emoções. E claro que isso é bem tentador. Presos a uma situação frustrante, todos somos tentados a recorrer ao nosso estoque de emoções, de onde tiramos a raiva.

Em momentos de tensão, recorremos à ansiedade. No entanto, se continuar reciclando antigas emoções, vai acabar apenas reforçando o passado. Nenhum de nós precisa se proteger de uma infância que já passou há muito tempo.

Mesmo que situações semelhantes aconteçam — não que alguém possa prevê-las —, todos nós já somos excessivamente protegidos.

Não guardamos uma única razão para sermos temerosos, mas dúzias e dúzias, e para não esquecê-las participamos do medo coletivo dos inimigos, do crime, dos desastres naturais e outros mais.

Não há mal algum em fazer as pazes com o medo e a agressividade se você puder. A psique ainda lembrará o que for necessário.

Depois de ter aprendido a lidar com a projeção, você pode fazer a pergunta seguinte. Por que precisa se defender? Essa se torna uma questão-chave, pois leva ao questionamento do principal motivo da existência da sombra.


Deepak Chopra

EGO - ALMA E ESPÍRITO




O ego só tem interesse pelas experiências externas da vida. Vive exclusivamente focado  nelas e valida a sua realização pessoal plenamente nas sensações superficiais que caracterizam a sua ilusão transitória.

A alma desperta para a vida interna, ensina e sensibiliza a consciência humana para as experiências internas da vida, através da atividade da energia cerebral feminina da mente direita. Valoriza as artes, o altruísmo, aspira  o transcendente e se aprofunda nas suas experiências sutis e abstratas. Ilumina-se e reconhece os limites da ilusão da vida externa da Terra.

Por sua vez, o espírito unifica as experiências externas e internas complementares no jogo simbólico da vida. Nada mais se encontra em separado para a sua visão. Sua energia cósmica e sutil lida com essências imateriais que se podem conectar à Terra, mas que são emitidas de além da sua órbita.  O espírito não terrestre e não humano pode se manifestar, voluntariamente, neste reino para abrilhantar e encantar mais a vida neste planeta com os seus profundos mistérios inerentes da sua mágica supranatureza.”

(Horácio Netho)

A INOCÊNCIA


Uma menininha, diariamente,
vai e volta andando para a sua escola.
Apesar do mau tempo daquela
manhã e de nuvens estarem se
formando, ela fez seu caminho
diário para a escola.

Com o passar do tempo,
os ventos aumentaram e junto os
raios e trovões.

Preocupada, a mãe
rapidamente entrou em seu carro e dirigiu
pelo caminho em direção à escola.

Logo ela avistou sua filhinha andando,
mas, a cada relâmpago, a criança parava,
olhava   para cima e Sorria.

Outro e outro trovão e, após cada um, ela
parava, olhava para cima e Sorria

Finalmente, a menininha entrou no carro
 e a mãe curiosa foi logo perguntando:
 -"O que você estava fazendo?"

A garotinha respondeu: -"Sorrindo!

Deus não pára de tirar fotos minhas!!"

Deixemos que toda inocência floresça
em nossos corações para podermos ver a
bela e real felicidade que está nos
momentos de simplicidade...

(Desconheço o Autor)



segunda-feira, 17 de março de 2014

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 15 DE MARÇO DE 2014
Canalizado por Shelley Young

Todos vocês estão evoluindo para além dos antigos sistemas de crença e estruturas que foram planejadas para encorajá-los a dar o seu poder.

Vocês deram seu poder para seus pais, seus professores, seus médicos, seus chefes, seus líderes.

Isto foi tão difundido e por tanto tempo que muitos de vocês passaram a acreditar que eram impotentes em muitas áreas de sua vida.

Para alguns de vocês, vocês nem escolheram suas carreiras e até com quem casariam!

Este é o condicionamento que todos vocês estão tão atarefados para liberar e evoluir além dele.

Ouçam-nos quando dizemos que vocês têm a capacidade infinita de criar a vida que vocês desejam levar.

Vocês são os especialistas em vocês, e do que vocês estão no planeta para experimentar e criar.

Vocês têm trabalhado firme para entrar em seu poder autêntico e estão mais do que preparados para tal!

Vocês são aspectos de Deus gentis, bondosos, cuidadosos, lindos e estão procurando entrar na unidade e nas energias da criação e amor incondicional.

Todos vocês estão encontrando novos pontos de equilíbrio que lhes permitem honrar os outros na competência deles e também honrar a si em sua própria competência.

Que época incrível em seu planeta que está acontecendo por causa de cada um e todos vocês

Vocês são verdadeiramente divinos, poderosos e impressionantes de se ver!


Arcanjo Gabriel