quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

SABEDORIA RETROSPECTIVA...



Depois de brigar, resmungar e ser desagradável com o outro, é tarde demais para ser sábio e perceber que não havia sentido no que você fez. Agora isso de nada vale, pois você já fez o mal. Essa sabedoria é apenas uma falsa sabedoria, que leva você a sentir “como se” tivesse entendido. Esse é um truque do ego, mas essa sabedoria não irá ajudar. Quando você estiver fazendo...o algo, naquele exato momento, simultaneamente, a consciência deveria surgir e você deveria perceber: o que você está fazendo é inútil.

Se você puder perceber isso quando tiver acontecendo, você não poderá fazê-lo. Nunca podemos ir contra a própria consciência, e, se formos contra ela, essa consciência não é consciência. Algo mais está sendo confundido com ela. 

Assim, lembre-se: o outro nunca é responsável por coisa alguma. O problema é algo que esta fervendo dentro de você. 

E, é claro, a pessoa que você ama está mais perto; você não pode jogar seus disparates sobre algum estranho que esteja passando pela rua; assim, a pessoa mais próxima se torna o lugar onde você atira e despeja seus disparates. Mas isso precisa ser evitado, pois o amor é muito frágil. Se você fizer isso demais, se o fizer em excesso, o amor poderá desaparecer. 

O outro nunca é responsável. Tente tornar esse entendimento um estado de consciência tão permanente que, sempre que você começar a encontrar algo errado no outro, você se lembre dele. Pegue-se em flagrante, abandone isso naquele mesmo instante e peça desculpas. 

Osho

É HORA DE VIVER O QUE VOCÊ ACREDITA





Sandra M. Luz
21/11/2013
Estamos tendo um movimento intenso em nosso interior de trazer as novas verdades internas (o que somos e o que acreditamos) e tudo isto tem um propósito: vivenciarmos o AGORA rompendo as crenças, o passado e tudo que não desejamos mais vivenciar em nossas vidas.

Algumas pessoas estão tendo dificuldades de expressar suas verdades com medo de como as outras pessoas irão reagir.

Se colocarmos a opinião do outro como a mais importante que a nossa, continuaremos a viver uma vida que não é nossa e fazendo o que não desejamos mais.

A opinião do outro é do outro. Você não tem o controle sobre o que as outras pessoas pensam ou fazem, mas tem o controle sobre você!

Acredito que devemos respeitar a opinião das outras pessoas, assim como elas devem respeitar as nossas.

Cada ser traz seu aprendizado pessoal e consequentemente responderá a cada situação de forma pessoal.

Se continuarmos focando nas atitudes das pessoas, em como elas pensam e falam não caminharemos para frentes.

Já perdemos muito tempo focando nas coisas negativas e se vocês observarem, isto não nos trouxe nenhum benefício.

Agora imagine focando seus pensamentos no que você deseja em sua vida. Nas mudanças que quer promover, no trabalho que deseja desenvolver para que se sinta mais útil.
Ah, quanta coisa a ser feita ainda por nós...

Procure se observar, veja o que senti, o que pensa, como você reagi as situações.
Use as informações que aprendeu através de meditações e de outras fontes para seu benefício. Lembre-se que tudo que chega até você tem um propósito.

Você pode expressar sua verdade de inúmeras formas:

· Você pode silenciar sua mente e enviar luz quando perceber que alguém próximo esta em desarmonia. A sua essência é paz, quando você irradia paz esta expressando sua verdade interna;
·  Compartilhe com a pessoa que esta diante de você que respeita sua opinião, mas procure viver a sua verdade;
· Foque na sua felicidade. Quando você foca em sua felicidade, se torna feliz e irradia uma frequência de felicidade ao seu redor.
·  Não queira agradar a todos (isto é carência). Você não precisa fazer o que as pessoas desejam para ser amada.
·  Não traga doença e desequilíbrio para o seu corpo ele não tem culpa por você não querer mudar sua vida.

É hora de viver o que você acredita.

Seu caminhar sempre foi individual, ninguém caminha por você, então siga em frente, o que vem a seguir é novo, é belo, é seu!

O amor que você busca é o amor por você, então faça isto AGORA!
Se olhe, agradeça por existir, por todas suas conquistas, por estar neste momento tão especial, por estar desperto e por tudo que a vida lhe trouxe de bom.

Você é um vencedor (a), um herói (na), um guerreiro (a), um ser divino.
Assuma seu Poder Divino e SEJA VOCÊ!

Namastê.

É permitido compartilhar esta mensagem em sites e blogs desde que seja respeitado o texto original e os créditos ao autor.


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

OBJETIVIDADE


com Sharon Taphorn
22 de Janeiro de 2014

Sabedoria e Objetividade são muito importantes.

Permaneça em sua integridade. É importante defender o que você acredita, mas é também importante se lembrar de que a comunicação começa com o diálogo aberto e honesto, e encarar as situações a partir da perspectiva de todos, e não apenas da sua. Tenha confiança em si mesmo e reivindique o seu poder pessoal, com uma mente racional e um coração aberto e você saberá o que fazer e o que é adequado e melhor para todos.

Há sempre algo mais esperando por você em sua busca espiritual, e você fará o que sabe ser certo e melhor para você. Tome uma respiração profunda e aprecie as etapas ao longo do caminho, pois isto é o que irá acontecer de qualquer maneira. Você poderia, também, optar por apreciar e explorar onde isto o está levando e saiba que, por sua vontade consciente, a co-criação será maravilhosa.

Mantenha-se objetivo e as coisas que são importantes, em perspectiva.

Afirmação: “Estou em uma busca espiritual e há algo melhor me esperando. Sei exatamente o que fazer que me ajudará a chegar lá.”

E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre

Os Anjos

Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.
Grata
www.playingwiththeuniverse.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

DECISÕES



com Sharon Taphorn
23 de Janeiro de 2014

Mantenha o fluxo dos seus pensamentos em uma direção positiva.

Liberte-se daquilo que o impede de ver os resultados que deseja. A preocupação desnecessária pode levar a uma falta de autoconfiança e, por isto, se tomar as suas decisões, poderá então, sistematicamente remover os obstáculos. Lembre-se de que estes obstáculos são geralmente crenças auto-criadas que podem ser facilmente desfeitas.

É o momento de agir e de permitir que surja o seu eu entusiasta, corajoso e confiante. Siga a sua sabedoria interior, pois você sabe o que fazer, o que é melhor e adequado e assim, dê os seus passos a partir daí. Você está emergindo em um novo modo de ser e quando amadurecer para o seu estado natural, perceberá que você torna naturalmente tudo mais belo. Esteja aberto para alguns conselhos sábios e práticos, uma vez que aí estejam.

Afirmação: “Estou mantendo os meus pensamentos no fluxo e mais positivos. Liberto-me daquilo que está me retendo. Estou livre.”
E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre


Os Anjos

VOCÊ SABIA QUE PREOCUPAÇÃO ENVELHECE? ENTÃO SÓ POR HOJE NÃO SE PREOCUPE



Há muita verdade nessa afirmação. Todos já viram alguém “envelhecer da noite para o dia” ao passar por uma crise financeira ou emocional.

O que é exatamente esse padrão de pensamentos a que chamamos preocupação, e que parece ter o poder de envenenar nossa existência?

É possível até mesmo afirmar que a preocupação causa o envelhecimento, pois ela acelera o tempo. A preocupação é obviamente um hábito. O hábito de se atormentar por coisas que já passaram ou pelas que ainda podem acontecer. Ela não tem nada a ver com o presente.

Analisemos primeiro o passado. Ainda não se conhece nenhum meio de mudar o que passou. O passado é irrevogável; o tempo anula todas as possibilidades de torná-lo diferente. Viver em meio aos enganos e mágoas do passado é totalmente improdutivo.

Além do mais, esse tipo de atitude é nocivo, pois libera no organismo substâncias tóxicas que aumentam a pressão arterial e sobrecarregam o coração. A melhor postura é reconhecer os erros passados, aprender com eles e deixá-los ficar em seu devido lugar, no passado.

Para dedicar toda a atenção ao presente é preciso a percepção sadia de que o passado se foi para sempre. A preocupação é a recusa psicológica de aceitar esse fato.

E o que a torna parte aparentemente inevitável da vida é o fato de os erros, as mágoas, os ressentimentos e as injustiças deixarem na mente vestígios que afetam o organismo através da conexão psicofisiológica.

Há um segundo tipo de preocupação que se ocupa de tentar evitar a dor pelo controle do futuro. Um de meus colegas me deu um bom exemplo desse modo de agir. Ele tratou uma paciente durante vinte anos, e, nesse período, ela o visitava duas vezes por ano para fazer exames físicos completos.

Sempre que aparecia, demonstrava grande preocupação com a possibilidade de ter um câncer. Embora não tivesse nenhum sintoma da doença, ela inventava uma série de queixas que obrigava o médico a pedir uma bateria de exames apenas para assegurá-la de que não tinha câncer. Essa cena se repetia ano após ano.

A cada consulta o médico fazia o que podia para convencê-la de que estava livre da doença, e todas as vezes ela perguntava: “Tem certeza?” 

Certa vez, porém, depois de analisar o resultado dos exames, o médico veio com más notícias.

Disse à paciente que ela tinha câncer. Ao que ela respondeu, com uma espécie de expressão de triunfo: “Não falei? Faz vinte anos que venho dizendo a mesma coisa!” Em sua preocupação, essa mulher imaginou uma doença que ela temia mais que tudo. De tanto dar atenção a esse medo, ele acabou se tornando realidade.

A consciência tem meios de alterar os fatos. Nosso subconsciente pode transformar aquilo que  imaginamos em realidade. As pessoas que se preocupam se convenceram de que a preocupação é, de certo modo, o modelo correto de pensamento para evitar que coisas ruins aconteçam. 

Entretanto, atenção é atenção.

Se ficamos imaginando coisas que não queremos ver acontecer, é quase certo que o resultado será o oposto. Talvez algo “igualmente ruim” ocorra, o que dá no mesmo. Se queremos imaginar o futuro, que ele seja repleto de alegrias e coisas boas.

Mas as pessoas saudáveis não vivem nem no passado nem no futuro. 

Elas vivem no presente, no agora, que acaba tendo sempre o gosto da eternidade, pois nenhuma sombra paira sobre ele. Quando se presta atenção ao momento presente, ele se faz em toda a plenitude.

Ao vivermos apenas de momento em momento, o tempo deixa de ser nosso inimigo. Os efeitos nocivos da preocupação são eliminados através da valorização do que a vida nos oferece hoje.



Deepak Chopra

APARÊNCIAS





“A árvore que produz maus frutos não é boa, e a árvore que produz bons frutos não é má; porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto. 

Não se colhem figos dos espinheiros e não se cortam cachos de uva de sobre as sarças…”

Fugimos constantemente de nossos sentimentos interiores por não confiarmos em nosso poder pessoal de transformação e, dessa forma, forjamos um “disfarce” para sermos apresentados perante os outros.

Anulamos qualquer emoção que julgamos ser inconveniente dizendo para nós mesmos: “Eu nunca sinto raiva”, “Nunca guardo mágoa de ninguém”, vestindo assim uma aparência de falsa humildade e compreensão.

Máscaras fazem parte de nossa existência, porque todos nós não somos totalmente bons ou totalmente maus e não podemos fugir de nossas lutas internas. Temos que confrontá-las, porque somente assim é que desbloquearemos nossos conflitos, que são as causas que nos mantêm prisioneiros diante da vida.

Devemos nos analisar como realmente somos.

Nossos problemas íntimos, se resolvidos com maturidade, responsabilidade e aceitação, são ferramentas para construirmos alicerces mais vigorosos e adquirirmos um maior nível de lucidez e crescimento.

Não devemos nunca mantê-los escondidos de nós próprios, como se fossem coisas hediondas, e sim aceitar essas emoções que emergem do nosso lado escuro, para que possamos nos ver como somos realmente.
Por não admitirmos que evoluir é experimentar choques existenciais e promover um constante estado de transformação interior é que, às vezes, deixamos que os outros decidam quem realmente somos, colocando-nos, então, num estado de enorme impotência perante nossas vidas.

A maneira como os outros nos percebem tem grande influência sobre nós. Amigos opressores, religiosos fanáticos, pais dominadores e cônjuges inflexíveis podem ter exercido muita influência sobre nossas aptidões e até sobre nossa personalidade.

Portanto, não nos façamos de superiores, aparentando comportamentos de “perfeição apressada”; isso não nos fará bem psiquicamente nem ao menos nos dará oportunidade de fazer auto burilamento.

Deixemos de falsas aparências e analisemos nossas emoções e sentimentos, aprimorando-os. Canalizadas nossas energias, faremos delas uma catarse dos fluxos negativos, transmutando-as a fim de integrá-las adequadamente.

Aceitar nossa porção amarga é o primeiro passo para a transformação, sem fugirmos para novo local, emprego ou afetos, porque isso não nos curará do sabor indesejável, mas somente nos transportará a um novo quadro exterior. Os nossos conflitos não conhecem as divisas da geografia e, se não forem encarados de frente e resolvidos, eles permanecerão conosco onde quer que estejamos na Terra.

Para que possamos fazer alquimia das correntes energéticas que circulam em nossa alma, procedamos à auto-observação e à auto análise de nossa vida interior, sem jamais negar a nós mesmos o produto delas.

Lembremo-nos de que, por mais que se esforcem as más árvores para parecer boas, mesmo assim elas não produzirão bons frutos. Também os homens serão reconhecidos, não pelos aparentes “frutos”, não por manifestarem atos e atitudes marcados de virtudes, mas por serem criaturas resolvidas interiormente e conscientes de como funciona seu mundo emocional.

Somente pessoas com esse comportamento estarão aptas a ser árvores produtoras de frutos realmente bons.

Hammed


O QUE É UMA EMOÇÃO NEGATIVA?



É aquela que é tóxica para o corpo e interfere no seu equilíbrio e funcionamento harmonioso.

Medo, ansiedade, raiva, ressentimento, tristeza, rancor ou desgosto intenso, ciúme, inveja – tudo isso perturba o fluxo da energia pelo corpo, afeta o coração, o sistema imunológico, a digestão, a produção de hormônios, e assim por diante.

Até mesmo a medicina tradicional, que ainda sabe muito pouco sobre como o ego funciona, está começando a reconhecer a ligação entre os estados emocionais negativos e as doenças físicas.

Uma emoção que prejudica nosso corpo também contamina as pessoas com quem temos contato e, indiretamente, por um processo de reação em cadeia, um incontável número de indivíduos com quem nunca nos encontramos. Existe um termo genérico para todas as emoções negativas: infelicidade.

Por causa da tendência humana de perpetuar emoções antigas, quase todo mundo carrega no seu campo energético um acúmulo de antigas dores emocionais, que chamamos de “corpo de dor”.

O “corpo de dor” não consegue digerir um pensamento feliz. Ele só tem capacidade para consumir os pensamentos negativos porque apenas esses são compatíveis com seu próprio campo de energia.

Não é que sejamos incapazes de deter o turbilhão de pensamentos negativos – o mais provável é que nos falte vontade de interromper seu curso. Isso acontece porque, nesse ponto, o “corpo de dor” está vivendo por nosso intermédio, fingindo ser nós. E, para ele, a dor é prazer. Ele devora ansiosamente todos os pensamentos negativos.

Nos relacionamentos íntimos, os “corpos de dor” costumam ser espertos o bastante para permanecer discretos até que as duas pessoas comecem a viver juntas e, de preferência, assinem um contrato comprometendo-se a ficar unidas pelo resto da vida.

Nós não nos casamos apenas com uma mulher ou com um homem, também nos casamos com o “corpo de dor” dessa pessoa.
Pode ser um verdadeiro choque quando – talvez não muito tempo depois de começarmos a viver sob o mesmo teto ou após a lua-de-mel – vemos que nosso parceiro ou nossa parceira está exibindo uma personalidade totalmente diferente. Sua voz se torna mais áspera ou aguda quando nos acusa, nos culpa ou grita conosco, em geral por uma questão de menor importância.

A essa altura, podemos nos perguntar se essa é a verdadeira face daquela pessoa – a que nunca tínhamos visto antes – e se cometemos um grande erro quando a escolhemos como companheira. Na realidade, essa não é sua face genuína, apenas o “corpo de dor” que assumiu temporariamente o controle.

Seria difícil encontrar um parceiro ou uma parceira que não carregasse um “corpo de dor”, no entanto seria sensato escolher alguém que não tivesse um “corpo de dor” tão denso.

O começo da nossa libertação do “corpo de dor” está primeiramente na compreensão de que o temos.

É nossa presença consciente que rompe a identificação com o “corpo de dor”. Quando não nos identificamos mais com ele, o “corpo de dor” torna-se incapaz de controlar nossos pensamentos e, assim, não consegue se renovar, pois deixa de se alimentar deles. Na maioria dos casos, ele não se dissipa imediatamente.

No entanto, assim que desfazemos sua ligação com nosso pensamento, ele começa a perder energia.

A energia que estava presa no “corpo de dor” muda sua frequência vibracional e é convertida em “Presença”.


Eckhart Tolle

PAZ, AMOR E LUZ


Em relação aos acontecimentos traumáticos que ocorrem no mundo, podemos ver isto como um momento assustador, ou podemos ver estes problemas como oportunidades para criar a cura.

Como você escolhe usar a sua mente é com você. Você pode contribuir com o problema ou pode ajudar a curá-lo.

Quando eu ouço falar de qualquer crise no mundo, eu imediatamente envolvo toda a situação com a luz branca. Eu envio amor e a energia de cura a todos ligados à situação.

Eu sugiro nestes momentos que todos reservem um instante para fecharem os seus olhos e enviarem amor e energia de cura às pessoas que passam pelas dificuldades.

Raramente eu leio jornais ou assisto aos telejornais. Eu me recuso a atravancar a minha mente com mais turbulência da mídia. A mídia é boa para agitar as suas emoções e vender o medo. Se vocês lêem um jornal do início ao fim todos os dias, viverão no medo. Eles querem que vocês comprem um novo jornal a cada dia para descobrir o que ter medo naquele dia. O mesmo ocorre com as notícias na televisão. Se quiserem dormir pouco, assistam ao noticiário da madrugada pouco antes de irem dormir.

Saibam que cada um de nós vive sob a lei da nossa própria consciência. Vocês são belas e maravilhosas criações da Vida.

Sua força vem da sua conexão com a Fonte. Viver em constante gratidão e reconhecimento traz o bem as suas vidas.

Vamos, vocês e eu, toda vez que o pensamento de agitação sobre alguma crise ou catástrofe vier à mente, dizer com convicção:
 “TUDO ESTÁ BEM. A PARTIR DESTA EXPERIÊNCIA SOMENTE O BEM VIRÁ. EU ENVIO ONDAS DE PAZ, DE SEGURANÇA E DE HARMONIA PARA TODA A VIDA.”

Eu os amo,


Louise Hay

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

SABEDORIA DOS ANJOS com Sharon Taphorn



16 de Janeiro de 2014.
ESCOLHA A PAZ

Ouça a verdade do seu coração, pois você sabe o que fazer ou que atitude tomar, quando escuta com o coração aberto. Há sempre uma alternativa pacífica e quando você pensar em suas várias opções, pergunte-se: “O que traz os maiores sentimentos de paz ao meu corpo e mente?” E, então, aja a partir deste princípio e você estará fazendo o que é certo e melhor para você. E, também, o melhor para todos, pois você é, realmente, uma parte do outro.

Esta base interior de paz tem um poderoso efeito de cura. Entregue todos os problemas ou preocupações aos seus anjos e nos permita tirar o seu stress e opressões. Sua vida exterior começará a refletir a sua paz interior. Caminhos suaves se encontram a sua frente, e o pior está agora atrás de você. Um novo dia está se manifestando a cada dia. Um início novo e estimulante, com uma perspectiva pacífica irá elevar a sua energia e o ajudará a manifestar as suas intenções para o seu mundo.

Afirmação: “Estou em paz. Eu tenho sempre uma escolha de estar em paz comigo mesmo, com a minha vida e o meu mundo. Eu escolho a Paz.”

E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre

Os Anjos
Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.

Grata
www.playingwiththeuniverse.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br



EXPRESSE-SE com Sharon Taphorn



17 de Janeiro de 2014
Seja criativo.

Este é um momento de sucesso, assim aceite com confiança as oportunidades que estão vindo em sua direção.

Você tem a capacidade, os talentos e habilidades para fazer o que desejar, assim este é o momento perfeito para começar alguns projetos novos, começar algumas novas parcerias, ou assinar alguns contratos que são uma parte de você, trabalhando em sua paixão, e parte da sua missão de estar encarnado neste momento.

Abra os seus olhos, seu coração e a sua mente às possibilidades e saiba que há sempre muito mais por vir.

Expresse os seus verdadeiros sentimentos e comece a viver mais em sua verdade.

Faça algo criativo, como o desenho, a pintura, o canto, a dança, a escrita, tire fotos, aprecie a beleza que existe ao seu redor e ao fazer isto, você poderá encontrar a chave para o propósito de sua vida e o caminho ideal para a sua vida e a sua carreira.

Você tem a habilidade de transformar os seus projetos em algo mais, assim dê este salto de fé e permita que a sua expressão criativa se revele. Desfrute dos resultados com a abundância e a satisfação que vêm de proporcionar uma saída para esta energia.


Afirmação: “Aceito com confiança as oportunidades que estão sendo oferecidas e estou aberto às possibilidades que estão sempre aí. Mereço uma abundância profusa em todas as áreas de minha vida.”

E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre

Os Anjos



Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.

Grata
www.playingwiththeuniverse.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

CORAÇÃO com Sharon Taphorn



18 de Janeiro de 2014

Cure o coração.

É o momento para que o seu coração se cure, de modo que você se sinta seguro e permita que outros o amem. Seu coração é o centro da matéria e abri-lo e curá-lo pode, algumas vezes, ser um desafio, pois o processo é muito emocional e, às vezes, doloroso. É parte do seu despertar, querido, e quando você coloca tudo isto em perspectiva, é uma experiência maravilhosa.

Abra o seu corpo emocional, pois é uma parte dos seus sistemas e de sua experiência. Isto irá se tornar o seu barômetro para aprender a interpretar as vibrações em seu mundo energético. Será também o seu portal para o que você mostra para os outros e a base da qual você terá a sua energia e vitalidade para a vida.

A Orientação dos Anjos é que se aproxime tanto da Terra quanto possa e se conecte com a energia dela e se ancore com a Mãe Terra. Quando você se conectar, diga:

“Eu libero toda a negatividade e me recarrego! Libero todos os sentimentos de desmerecimento ou de inferioridade e estou preparado para abrir o meu coração para o amor.”

E então permita que esta energia amorosa o ajude na cura.

E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre

Os Anjos

Direitos Autorais 2011
A permissão é concedida para cópia e redistribuição da Sabedoria Angélica, sob a condição de que o conteúdo permaneça completo, que todos os créditos sejam dados à autora e que seja distribuído gratuitamente.

Grata
www.playingwiththeuniverse.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br



MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 22 DE JANEIRO DE 2014
Quando vocês entregam e fluem com confiança, vocês estão demonstrando fé em ação.

Vocês estão ativando sua equipe de auxiliadores.

Vocês estão escolhendo o alinhamento divino, movimento apoiado e resultados superiores.

Vocês estão navegando com o novo sistema operacional apoiado para a vida empoderada.

Não há necessidade de navegar sozinho, Queridos!

Entreguem e fluam e apreciem a graça e a facilidade que vêm de operar com o universo.

Arcanjo Gabriel

Arcanjo Gabriel através de Shelley Young


ACEITE O ETERNO... SOLTE




Tire a agitação de seu coração.
Deite o corpo, tranqüilamente.
Pense no Eterno.
Preste atenção em sua respiração...
Você percebe o sopro vital animando sua vida?
Medite no Todo que está em tudo.
Sinta-se amado pelo amor mais lindo que existe.
Você percebe a Divina Presença em seu coração?
Sinta-se agraciado com o mais belo dos presentes.
Você não está só, nunca esteve.
O Eterno está em cada momento seu.
Esteja presente, aqui e agora. Solte-se...
Escute a música. Inspire-se!
Você não está perdido, nunca esteve.
Como poderia estar fora do Todo?
Ele está em tudo! Então, reconheça-O em você.
Reconheça-O em tudo e em todos.
Corte a agitação. Solte-se...
Pense no Eterno...
Preste atenção em sua respiração...
Compreenda: você respira luz!
Aceite-a.

Paz e Luz!

Wagner Borges

A ARTE DE OUVIR




Perceber, reconhecer, entender, compreender, valorizar, dar atenção, respeitar... São vários nomes diferentes para um processo tão simples, mas ao mesmo tempo tão difícil de ser praticado: ouvir, de fato, o outro.

Ouvir não significa simplesmente escutar os sons da voz ou acompanhar o raciocínio do interlocutor. Significa, antes de tudo, ter paciência e tolerância para aceitar a outra pessoa como ela é, com suas qualidades e seus defeitos, crenças e emoções, com sua aparência, quer nos seja agradável ou desagradável, sem pré-julgamentos. Concordo com quem disse que esse não é um processo fácil, embora pareça tão elementar.

Vamos analisar um pouco as causas dessas dificuldades. É muito comum compararmos o mundo ao nosso próprio referencial de vida, de como percebemos o mundo, que passa a ser o “nosso mundo”. Incluem-se aí os nossos valores, conceitos e preconceitos.

Além disso, as pessoas aproximam-se pelas semelhanças e não pelas diferenças, desmistificando a crença popular de que os opostos se atraem. Se observarmos bem, antes da diferença há muita convergência, situações comuns, similaridades que atuam como facilitadoras de um processo de entendimento e consideração e a partir daí eventuais diferenças de caráter, atitudes ou comportamentos passam a configurar uma relação afetiva. Se observarmos bem, quando admiramos uma pessoa dizemos: “Que pessoa extraordinária! Que pessoa agradável!

Que pessoa simpática!” Enquanto isso, lá no fundo, um outro comentário quase imperceptível complementa ... “tão parecida comigo!” Também fica fácil entender tal atitude por outra simples razão, só percebemos qualidades e defeitos nos outros quando nos chamam a atenção porque em potencial essas características existem em nós mesmos.
Se precisar falar com o outro de verdade, primeiro é necessário querer e esse querer precisa ser um desejo, uma vontade inquebrantável que não nos fará desistir diante da primeira adversidade. Depois, devemos ter e exercitar a flexibilidade, colocando-nos no lugar do outro, empaticamente.

Aliás, empatia é isso mesmo: ajustar-se ao estilo, momento psicológico, crenças e valores do mesmo interlocutor e nessa projeção conseguir melhor entendimento.

Algumas sugestões importantes para quem, de fato, deseja ouvir de verdade outra pessoa e, a partir daí, abrir uma porta de entrada para o relacionamento: amizade, vendas, negociações, lideranças, amor etc.:
● Olhe nos olhos da outra pessoa e perceba-a nos seus detalhes, esteja com a atenção focada e envolvida com ela.
● Procure manter a calma, evite deixar se dominar por algum preconceito ou algo da outra pessoa que desagrada.
● Tenha paciência, saiba aceitar o silêncio da outra pessoa.
● Evite contradizer o outro, evitando as palavras “mas”, “todavia”, “entretanto”, “contudo”.
● Procure, antes de qualquer discordância, algum ponto com o qual vocês concordem.
● Valorize e respeite as opiniões de seu interlocutor.
● Demonstre respeito pelo outro como o outro é, e não como gostaria que fosse.
● Crie condições favoráveis para o outro expressar livremente suas idéias e opiniões, saiba ter tato para lidar com a discordância.
● Concentre as diferenças no campo das idéias e não permita que sejam levadas para o lado pessoal.
● Certifique-se de que você compreendeu de fato o que o outro queria transmitir; repita, questione, pergunte, evite ao máximo interpretações infundadas.
● Por último, faça bom uso do grande amor que você tem em seu coração para aceitar incondicionalmente as outras pessoas como são: cheias de defeitos, limites, preconceitos e, também, repleta de virtudes, sonhos, conhecimentos, de sentimento. Assim como você.



Escutar é uma arte, e como toda arte, pode ser desenvolvida...

AGRADECENDO O UNIVERSO



Tenho percebido que o Universo ama a gratidão.
Assim, quanto mais agradecido você for, maiores serão os benefícios que obterá.
Quando digo benefícios, não me refiro apenas a objetos materiais,mas também incluo, entre eles, todas as pessoas, lugares e experiências que tornam a vida tão maravilhosamente digna de ser vivida.
Você tem consciência de que está bem quando a sua vida é plena de amor e alegria, saúde e criatividade, e você encontra todos os sinais abertos para dar prosseguimento a suas tarefas ou empreendimentos.
É desta maneira que nossas vidas devem ser vividas.
O Universo é um doador generoso, abundante, e que gosta de ser apreciado.
A gratidão põe em ação mecanismos para que se tenha mais motivos para sentir gratidão.
Ela aumenta a abundância da vida que você tem.
A falta de gratidão, ou as queixas, nos dão poucos motivos para que nos regozijemos.
Os que vivem se queixando sempre acham que têm poucas coisas boas em suas vidas ou, então, não usufruem do que têm.
O Universo sempre nos dá aquilo que acreditamos que merecemos.
Muitos de nós foram educados para olhar apenas para o que não têm, e sentir a falta destas coisas.
Somos produtos da crença na escassez e assim ficamos nos indagando por que nossas vidas são tão vazias.

Nós devemos ser gratos até pelas lições que recebemos.
Não fuja das aprendizagens, pois elas são pequenos pacotes que envolvem tesouros que nos foram oferecidos.
Na medida em que formos aprendendo com elas, nossas vidas sofrerão uma transformação para melhor.
Utilizemos o máximo de tempo que pudermos agradecendo, diariamente, tudo de bom que há em nossas vidas.
Se você recebe pouco agora, irá receber mais.
Se você já possui uma vida de abundância, está será intensificada.
É uma situação de lucro – você está feliz, e o Universo está feliz.
A gratidão multiplica a abundância.
Partilhe o segredo da gratidão.
Vamos ajudar a transformar o mundo em um lugar de pessoas agradecidas, um lugar para dar e receber...

SOU GRATA!

Trecho do Livro "Gratidão: um Estilo de Vida", Louise Hay

domingo, 19 de janeiro de 2014

REFLEXÃO



O ser humano não percebe que não se precisa de tempo na vida, porque a vida realmente acontece no momento presente. 


É equivocada a nossa noção, reforçada pelas religiões e pelos teóricos evolucionistas, de que precisamos de tempo para evoluir e completarmo-nos, para mudar do’ que é' para 'o que deveria ser'. 


O tempo é certamente necessário no campo do aprendizado, para atingir metas e para ganhar a vida e por tornarmo-nos peritos em alguma profissão. Mas no mundo da psique, seguimos o velho padrão tradicional, e nos tornamos frustrados e miseráveis quando a esperança da plenitude não é alcançada. Tornamo-nos acostumados ao condicionamento de que precisamos de tempo para evoluir para algo diferente do que já somos. 


No entanto, uma pessoa que se baseie no tempo horizontal como um meio de alcançar a felicidade ou de realizar a Verdade está enganando a si mesma. 


Não há entendimento no tempo: é agora ou nunca. 


O que há, é agora. Não existe o "nunca". Ver "o que é" é sempre imediato. A Verdade está além da razão e do cálculo. O observador só pode ser no passado ou no futuro. A natureza e futilidade do tempo horizontal é vista quando o ver é no agora sem "aquele que vê".

(Ramesh Balsekar)

AGRADECER



Mesmo que tenhais todas as razões para estar infelizes ou descontentes agradecei.
Ao pronunciardes a palavra "obrigado", é como se fizésseis jorrar da vossa alma uma fonte de luz. de paz e de alegria.
E esta fonte inunda todas as vossas células.



Pouco a pouco, sentis que algo em vós se vivifica, se fortalece.
"Obrigado" é a mais simples das palavras, mas ela desfaz todas as tensões.
Repeti-a várias vezes, impregnando-vos bem do seu significado.

A partir do instante em que introduzis em vós um sentimento de gratidão e o alimentais para o fazer crescer, ele não se limita a existir passivamente. Esse sentimento possui determinadas vibrações e, pela lei da afinidade, atrai pensamentos e sensações que lhe correspondem.



Virão até vós todas as bençãos simplesmente graças a esse impulso de gratidão.
«Obrigado, Senhor!», «Obrigado, meu Deus!»...



É preciso que estas palavras  acabem por sair naturalmente de vós sem terdes de fazer intervir a vossa vontade.



Ao agradecerdes ao Criador, vós saís do círculo estreito do vosso eu pessoal, limitado, para entrardes na paz da consciência cósmica...
Quando regressardes, sentireis que se introduziram em vós elementos novos e muito preciosos.

de  OMRAAM  MIKHAËL  AÏVANHOV  

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 17 DE JANEIRO DE 2014


A aceitação, a aceitação verdadeira e completa, é um dos maiores presentes que vocês podem dar a si e aos outros. 


A aceitação trabalha de mãos dadas com o amor incondicional.


Ela reconhece sua perfeição divina, exatamente como vocês são e onde vocês estão na jornada de sua vida.


Ela faz a mesma coisa com os outros.


Quando vocês verdadeiramente aceitam o mosaico diverso de perfeição divina ao seu redor, vocês param de ver qualquer coisa como errada e podem baixar sua guarda e começar a comemorar o certo de tudo, o que leva à alegria e apreciação.


Uma vez que vocês somente veem a perfeição ao seu redor, vocês se estabelecem numa energia calma e bela que apoia a cura, a expansão e o crescimento.


Vocês entendem?


A aceitação e o amor incondicional criam o alicerce para todo o resto, porque eles são componentes essenciais do modelo de consciência de unidade, para o qual vocês estão evoluindo.


Arcanjo Gabriel


Canalizado por Shelley Young



UM CAMINHAR MAIS LIVRE...




A vida sempre nos dá lições preciosas para o nosso crescimento, mas algumas fazem tanta diferença que são um marco entre um tempo e outro.
Uma das lições mais preciosas que vivenciei, foi quando me dei conta que a opinião do outro sobre mim, ou sobre coisas que me são importantes, são só um ponto de vista, e não têm o poder de mudar o que eu realmente sou...

É que muitas vezes nos sentimos valorizados ou desvalorizados com o julgamento do outro, e isso, conforme o caso, tem o poder de nos colocar muito para baixo... Como se a opinião do outro fosse verdade absoluta e, se for uma avaliação que consideramos negativa, vinda de alguém que temos consideração, pensamos erroneamente que aquilo nos diminui de alguma forma...

Quando um dia, diante de um comentário assim, que poderia me deixar triste, vi-me quase indo pelo caminho de me sentir depreciada e para baixo, até que, por um segundo de lucidez, percebi que aquilo era só um ponto de vista, e que não tinha o poder de me afetar... a não ser que eu desse importância suficiente a esse ponto de vista para me sentir desvalorizada por ele.

Foi quase mágico o que se operou dentro de mim por aquela constatação... não é porque alguém fala algo... que aquilo vai mudar o que você realmente é.
Não é porque eu gosto do azul e a outra pessoa gosta do amarelo, que isso vai qualificar ou desqualificar uma dessas cores; elas são o que são, independente do meu gosto...

E a partir daí, você pode receber o que vem do outro com mais leveza e aprendizado, sem, no entanto, deixar que aquilo o tire do eixo... você começa a respeitar mais o sagrado ponto de vista do outro como apenas mais um ponto de vista e começa a não querer defender tanto suas idéias... porque sabe que é somente o seu ponto de vista entre tantos outros... E a partir daí você até presta mais atenção e tira melhor aprendizado, porque passa a se abrir para o que o outro realmente quis dizer.

Temos a mania de receber tudo de forma muito pessoal, e vamos perceber que não precisamos levar tudo tão a sério, tão a ferro e fogo.

Li uma vez em uma apostila sobre a raiva, algo mais ou menos assim: se alguém lhe fala que seu nariz é grande, e se ele é mesmo, por que deixar se afetar por isso? Se ele não é grande por que deixar se afetar por isso? O que o outro fala, sendo verdade ou mentira, não vai mudar o tamanho do seu nariz.

Nesses tempos de tantas mudanças, onde já temos tantos problemas, saber lidar com a ação do outro, pode ser muito precioso e evitar muitas amolações...
Muitas vezes, o outro não tem nenhuma intenção de magoá-lo e, conforme suas crenças, você recebe aquilo de forma negativa... Não é o que o outro faz, mas como você recebe o que o outro faz que o deixa bem ou mal.

O que se manifesta fora também está dentro... e se o outro fala algo que nos deixa tristes, é porque, de alguma forma, uma parte nossa também tem aquela opinião temos também aquela crença.
Mas é só uma crença, e não representa quem verdadeiramente somos... e é uma oportunidade de libertar mais uma coisa que ainda nos limita...

Ao aceitarmos o que vem de fora, sem colocarmos um peso excessivo, para o negativo ou para o positivo, sabendo que fomos nós que atraímos aquela situação, que está em sintonia com algo que também está dentro de nós, com a consciência que aquilo não tem nenhum poder de afetar a nossa verdadeira natureza, vai tornar muito mais leve nossa vida e mais livre nosso caminhar.

Texto de Rubia A. Dantés

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL




DE 16 DE JANEIRO DE 2014


A confiança é um aspecto com que a vasta maioria das pessoas se debate. 


Elas normalmente têm grande fé, seguras na sua crença de que seu poder superior existe e é uma fonte de amor e assistência, mas sua confiança desmorona se a assistência não chega exatamente como elas a esperam ou dentro do tempo que elas pensam que deveria chegar.


Queridos, como vocês podem ter fé sem ter confiança?


Se vocês pararem e realmente pensarem nisso, isso não parece absurdo?


Tantos de vocês entregam à Fonte para assistência e então imediatamente pegam de volta pela sua falta de confiança antes de o universo ter a chance de lhes dar a assistência!


Se vocês virem fé e confiança como uma equipe magnífica que trabalha em conjunto para criar milagres em sua vida, talvez vocês lhes deem o tempo para elas virarem sua magia para vocês.


Arcanjo Gabriel


 Canalizado por Shelley Young