quarta-feira, 31 de julho de 2013

SEMPRE HÁ UMA CURA




MESTRA ROWENA

17/07/2013


Sempre há uma cura.

Por que temeis, homens de pouca fé?

É a pequena Fé que faz acreditar que vocês estão sozinhos em suas lutas.

É a pequena Fé que faz vocês acreditarem que estão sujeitos à oscilação do tempo, da vontade das pessoas e que são vítimas de um destino infeliz.

Quando vocês começam desenvolver a Fé, começam compreender também que todas as experiências do caminho vêm para o seu crescimento, para o seu aprendizado e para o fortalecimento da sua Luz.

Na caminhada da vida, na caminhada espiritual, do avanço espiritual... Vocês devem encontrar professores, guias, orientadores, amigos na Terra encarnados e amigos espirituais/mentores como nós. E é muito bom esse intercâmbio entre pessoas, entre almas, entre espíritos. Porque é através dessas trocas que vocês evoluem e crescem.

Mas, ainda sim, os guias, não poderão atenuar o seu caminho, evitando que vocês tropecem e caiam em determinados momentos e circunstâncias.

Porque é através do seu caminhar que você vence os desafios.

Porque é através desse movimento interior, da sua força de vontade e do seu compromisso e conduta, que você alcançará uma maior compreensão e um maior domínio da sua natureza e um domínio também maior das questões externas.

O Homem não escapa do próprio karma.
O Homem não escapa das reações daquilo que ele plantou e está plantando.
O Homem não escapa de si mesmo.

Ele pode sair ileso de muitos embates.
Pode receber indultos e ser protegido, mas ele não escapa de si mesmo.

Todas as escolhas que você fez nesta, e em outras vidas, estão em você e são você.
Você não é vítima das suas escolhas, você é a criação das suas escolhas.

Por isso, da mesma forma que você criou em outros momentos, histórias tristes e um Eu triste... Você pode, aos poucos, ir transformando a sua própria amálgama, transformando quem você é.

Não tenha pena de si mesmo. Quando você tem dó de si mesmo, quando você entra num sentimento de autocomiseração, quando você se vê como vítima de suas próprias escolhas e sente dó, você está bloqueando o seu crescimento.

Você é uma alma muito maior do que as experiências que está atravessando no momento atual.
O seu espirito é eterno e conectado com Deus.

Então, se fortaleça na sua fé.
Se fortaleça na sua conduta.

E, ainda que algumas atitudes possam ser difíceis e exigentes com você, vença as suas restrições.

Vença o seu medo.
Vença a apreensão pela consequência de suas ações.
O não agir também é uma ação, peca-se por omissão.

Faça conexão com o seu Eu Divino.
E saia para o seu trabalho, saia para a sua vida.
Se harmonizando e fazendo o melhor de si.

E quando nem o seu melhor, por algum motivo não der certo, abra-se ao seu destino. E permita que a vida conduza você para outro lugar, para novas paisagens, para novas pessoas, para novas convivências.

Na transformação, na mudança, existe também grandes aprendizados.

A Fé é aquilo que centra você em você mesmo. 
É aquilo que faz a sua conexão maior.

Busque a sua energia.
Busque a sua consciência.
Busque a sua Fé.

Somos todos UM, porque fazemos parte do compromisso com a evolução. Para que uma Nova Ordem tome conta do Planeta, muitas pessoas estão sendo chamadas para um despertar e uma profunda mudança em suas vidas.

Façam sua parte, com Amor e com Luz.

Eu Sou Mestra Rowena e atuo em vocês, na cura através do amor.
Mesmo nos momentos de profunda dor, nós estamos ali, para ajudar e para curar.

Em todos os momentos, vocês são amados e protegidos. 
Só não podemos proteger vocês de seus próprios aprendizados.

Então, quando vocês estão passando por um momento de um aprendizado doloroso, ali nós estamos juntos. Como pais e mães, companheiros, zelando pelo seu restabelecimento.

Recebam as nossas Bênçãos e Amor.

E sigam em Paz.

Através de Maria Silvia Orlovas

COMO VIVER MAIS LEVE?




Todos nós queremos segurança.

Uma casa para chamar de nossa.

Um carro.

Uma boa família.

Segurança nos relacionamentos, nos bens, no trabalho...

Mas será só isso?

Podemos controlar a vida? O amor das pessoas? Ou até mesmo o que sentimos?

Às vezes estamos disponíveis, abertos para as pessoas, querendo fazer tudo dar certo, ajudar, mas muitas vezes ficamos cansados do "investimento", cansamos de cuidar, de entender, de perdoar, mas por conta de segurança ficamos no mesmo lugar, às vezes agindo da mesma maneira que sempre agimos, reclamando ou não...

Na maioria das vezes temos medo da mudança, medo de nos posicionar, de magoar as pessoas, de nos magoar.

Será possível viver sem fazer escolhas, sem nos posicionar?

Hoje caminhando num jardim me detive olhando as camélias.

No mesmo pé flores lindas, frescas, e outras murchas, escurecidas.

Tudo no mesmo galho!

Mostrando que a vida passa. Está passando. 

Não somos mais a mesma pessoa da hora do jantar de ontem...

Já fomos um bebê, uma criança, um adolescente, totalmente conectados com aquela idade, com aqueles desafios, e hoje o que somos?

De onde tiramos esse medo, ou essa indolência que não nos permite fazer coisas novas, diferentes?

Por que sentimos medo de viver de forma mais aberta?

Acho que acreditamos demais nos limites.

Acreditamos demais em coisas que passam, mudam, e não nos damos conta disso. 

Deixamos de observar que as coisas estão mudando. 

Nesse momento estão mudando.

Aprendi que desapego não vale apenas para coisas materiais, mas principalmente, no que diz respeito a nossas idéias, aos nossos planos, e crenças.

Precisamos aprender dar valor relativo às coisas.

As situações mudam, nós mudamos, as pessoas mudam. Então por que se acabar no sofrimento, ou no medo querendo nos sentir seguros, ou entender tudo?

Acho que se conseguirmos ser mais flexíveis, adaptáveis, deixando as coisas fluírem, e usando o tempo a nosso favor, com certeza seremos mais felizes.

Quem sabe até um sorriso assim possa aparecer no nosso rosto?

Lindo dia para você e muito amor no coração...

E coragem para viver com desapego!

E você o que pensa disso tudo?

Um beijo a todos,

Maria Silvia Orlovas

VOCÊS SÃO AS ROSAS DE AMOR, ESPARRAMANDO-SE PELO JARDIM DO UNIVERSO



 



     MESTRA  NADA
 
 
 
 
Olá meus queridos.

Saudações do Reino Celestial e de Tudo Que É, disponível a vocês exatamente agora apenas pela sua intenção. Está tornando-se claro para vocês que tudo está emergindo para um nível mais profundo, para o seu maior bem e o de todos os envolvidos.

Expansão queridos, é o nome do jogo; Expansão de seu Eu Crístico Dourado, sua Expansão, sua conexão com a parte mais profunda de seu Ser, aquela conexão com seu Eu Superior e ainda mais além. Vocês estão aprendendo a viver e a sobreviver e ser em seu interior, um espaço muito mais iluminado em sua morada interior e é o centro para onde emergem cada vez mais e para sempre; vejam se podem apontá-lo ao infinito para abranger Tudo Que É. Façam sua morada lá, queridos.
É o seu espaço certo.

De lá vocês podem explorar reinos de existência mais profundos agora. Seu Coração dirigirá o caminho. É apenas dentro de seus Corações que vocês residem agora e ele abre a passagem para vocês residirem em muitos níveis do Ser agora - sem fronteiras, sem julgamentos, sem limites. É a liberdade.

E para vocês não é um novo lugar de estar. Vocês o estão redescobrindo,em muitos níveis, conforme rendam-se a Ser com seu Eu Crístico, seu Eu Ascenso, tocando os reinos que uma vez pensaram que estavam separados, mas sempre estiveram lá esperando por vocês para reconectarem-se com ele.

E eu imploro-lhes queridos, iluminem o caminho para si mesmo experimentando a sua Luz Dourada, sua Luz Amor dentro de vocês como seu estado natural de Ser. Algumas vezes com foco linear. Sintam a distância agora,quando o velho mundo acena-lhes, ele está definhando no esquecimento.
Está dissolvendo-se de volta à Fonte para ser reciclado em um mais alto modo de ser. Vocês estão ajudando nisto por ficarem no interior de experiências dimensionais mais altas.

Agora é sua chance de reconhecer, nos próximos dias, seu Eu Crístico, seu Eu Ascenso e explorá-lo e fundir seus eus inferiores, felizmente, em sua energia de amor mais iluminada de sua Essência Divina.

Vocês a tem visitado frequentemente para todas intenções e propósitos. Pode parecer estranho as vezes. Comecem vendo-a como normal. Permaneçam no interior mais tempo. Sejam seu Divino Eu Crístico agora, queridos. Brinquem com Ele e Nele. Permitam-se elevar Nele.

Nós damo-lhes as boas vinda,queridos. Aplaudimos vocês e nos congratulamos com vocês. Pois estão chegando, tornando-se, retornando ao seu estado natural de Ser - fora do esterco e entulho de suas experiências da velha terceira dimensão, que vocês projetaram para seu crescimento.

Permitam o desfolhar, como pétalas mortas caem da bela rosa, para revelar o centro, o núcleo, o potencial para maior crescimento de ainda mais perfeita rosa em pleno desabrochar e glória.

Vocês são as Rosas de Amor, queridos, esparramando-se pelo Jardim do Universo em todos os tons de rosa e magenta, iluminando e ensinando Amor, com imenso potencial de contínuo florescimento, com maior e mais profundo Amor, conforme elevam-se em suas frequências e dimensões.

Eu mantenho-os em meu coração e saúdo-os de meu coração e misturo-me ao seu Amor para aumentá-lo, assim como vocês misturam e compartilham seu Amor com outros, aumentando-o em si mesmo e nos outros.

Namastê

Eu Sou Lady Nada e Eu reverencio-os em sua Divindade
 
 
Mensagem de Lady Nada canalizada por Fran Zepeta
em 21 de Julho de 2013
 
 
 
 
 
 

Direitos Autorais:

http://www.franheal.wordpress.com  (Blog)
http://www.franhealing.com/Current-Channelled-Message.html (Website)
Como canalizado através de Fran Zepeda. É dada permissão para copiar e distribuir este material contanto que o conteúdo seja transmitido integralmente e sem alteração, seja distribuído gratuitamente, e esta nota e os links sejam incluídos.
Tradução: Regina Funicelli a href="mailto:regina_funicelli@hotmail.com">regina_funicelli@hotmail.com>
 

"SEJA FELIZ"...



Quando digo: "seja feliz", não estou manifestando um desejo com a esperança de que isto aconteça, como faria um amigo ao se despedir.

Quando digo "seja feliz" estou dando-lhe uma ordem.

Você diz que a felicidade é alguma coisa que lhe acontece, que pode ser procurada. Não é assim.

A felicidade é uma escolha consciente, igual ao amor.

Acontece que os seres humanos desconhecem suas verdadeiras possibilidades e acreditam que são bonecos dirigidos por um destino inexorável e arbitrário, frente ao qual só podem capitular.


Isto não é assim, de maneira nenhuma.


Sua felicidade depende da dedicação que você ponha para obtê-la, porque em nada intervêm em sua vigência a experiência exterior.


É o pensamento correto o que produz felicidade e isto é somente assunto seu.

Ao dizer-lhe "seja feliz" estou lhe dizendo para que tenha cuidado com os alimentos que dá ao espírito, com a disciplina que orienta sua mente e nas boas virtudes do desapego, a entrega aos demais, a equanimidade e a paciência que você deverá desenvolver.

 “Seja feliz" significa "mantenha o equilíbrio ante os problemas, conserve alta sua fé, incremente essa paz, cujo sabor doce já conhece e volte a Deus, que é a fonte de felicidade.” 

 “Seja feliz" quer dizer: "acorde a verdade do que não morre, as verdades permanentes e afaste o que muda, o transitório, que passa e lhe deixa um gosto a perdas e esquecimento." 
Quando eu digo: "seja feliz" estou lhe dizendo que compreenda que Deus o protege, e que o amor Dele não diminui, e sim aumenta e o envolve, não importa onde você esteja, todos os dias de sua vida."


(Sathya Sai Baba)

PURIFICANDO OS OBJETOS




Quantas pessoas têm consciência de que, nos lugares que elas ocupam, as paredes, os objetos, tudo está impregnado com as suas emanações? 

É o lado mágico da presença: cada ser deposita, naquilo que o rodeia, camadas que são boas ou más condutoras das influências celestes. 

Se ele projeta incessantemente pensamentos, palavras e sentimentos negativos, os objetos, como se fossem ímãs, atraem certas correntes obscuras e nocivas que circulam no Universo. 

E o contrário também é verdadeiro: se ele alimentar em si pensamentos e sentimentos de sabedoria e de amor, se ele pronunciar palavras vivificadoras depositará bons fluidos nos objetos, que se tornarão condutores da luz, da alegria, da saúde.
Então, aprendei a tocar os objetos com amor e a abençoá-los, quando estais em vossas casas, pedindo às entidades celestes que venham ocupá-los. 

Dizei: «Espíritos da luz, da pureza, da verdade, eu consagro-vos estes objetos. Que eles sejam uma morada vossa.» 

Em breve sentireis como a atmosfera que vos rodeia se tornará viva, vibrante.
 
(Omraam Mikhaël Aïvanhov)

RECADINHO DE PAULO COELHO



 

Uma coisa é escutar nosso coração; outra coisa é ficar sempre conversando com o nosso “eu” interior, sem prestar atenção aos outros.
Este diálogo egoísta muitas vezes não nos deixa dormir durante a noite, e nos tira o prazer de momentos importantes do dia.
Reclamamos em silêncio de pessoas que não agiram bem, de coisas que não aconteceram como queríamos, de atitudes erradas que tivemos.
Dentro de cada um de nós existe um anjo e um demônio, e suas vozes são muito parecidas. O demônio alimenta esta conversa, procurando nos mostrar como somos fracos e injustiçados. O anjo nos faz refletir sobre nossas atitudes, mas – geralmente – está tentando silenciar esta voz interna.
Ele sabe que, para descobrir nosso verdadeiro caminho, precisamos conversar com o próximo. Nosso anjo costuma usar muito a boca de outras pessoas para nos dar seu recado.

(Paulo Coelho)

EU SOU UM SER PENSANTE



Meus pensamentos estão sempre lá, seja a idade que tiver. 

Seu conteúdo pode mudar, mas minha capacidade de pensar não. 

Primeiro de tudo, eu sou um ser pensante, experimentando ser uma alma. 

Pensamentos não são algo físico que eu possa experimentar com os órgãos dos sentidos físicos. 

Eu não posso ver, provar ou tocar um pensamento. 

Pensamentos não são feitos de matéria ou até mesmo de células do cérebro. 

Eu sou um ser não-físico que cria pensamentos. 

Minha forma, um ponto de energia situado no centro da testa, é a única forma que não pode ser destruída. 

É algo tão pequeno que não pode ser dividido. Minha identidade é a alma. 

Todas as outras identidades - professor, estudante, homem, mulher, pai, mãe, amiga - são simplesmente diferentes papéis que eu, a alma, desempenho.

(Brahma Kumaris)

terça-feira, 30 de julho de 2013

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



 

DE 28 DE JULHO DE 2013


Se vocês acordarem todos os dias com a intenção de expressar quem realmente são e de se entregar ao fluxo, vocês se encontrarão não somente tendo um dia dos mais maravilhosos, mas também se verão sendo presenteados com muitas oportunidades para fazer a diferença para aqueles com quem vocês interagem.

Vocês serão um verdadeiro instrumento de serviço para si, para os outros e para seu amado planeta, certos de que vocês estarão sempre no local certo na hora certa.

 

Arcanjo Gabriel

Arcanjo Gabriel através de Shelley Young

BENÇÃO IRLANDESA



           Que a estrada se erga ao encontro do seu caminho,

Que o vento esteja sempre às suas costas,

Que o sol brilhe sobre a sua face,

Que a chuva caia suave sobre seus campos.

E até que nos encontremos de novo,

Que Deus Te guarde na palma da Sua mão.”

Bênção Irlandesa

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 27 DE JULHO DE 2013


Os seres humanos em iluminação são tão maravilhosamente conscientes. 

Eles sempre estão atentos a se as decisões que eles tomam são empoderadoras e se são sua mais alta escolha.

Vamos lhes dar alguns modos simples de ter certeza.

Vocês estão em um estado de entrega e fluxo?

Entrega e fluxo é o estado em que seu eu ego, a parte que procura mantê-los pequenos, não pode operar, pois o ego somente opera pela contração e controle.

Vocês tomaram sua decisão a partir de um estado empoderado, a partir de um local de calmo estado de SER?

Se seu ego está orientando o caminho, ele raramente se sente calmo, mas normalmente se sente pressionado, preocupado e temeroso.

Por fim, suas criações superiores vêm acompanhadas de graça e facilidade, e estão no caminho de menor resistência.

 

Se o que vocês tentam realizar exige esforço monumental com ganho mínimo, vocês não estão num espaço que é energeticamente apoiado, o que significa que não é para o seu bem maior 

Vocês entendem?

Graça e facilidade e entrega e fluxo são as características das criações da Nova Terra.

Arcanjo Gabriel

Arcanjo Gabriel através de Shelley Young

ENTRE EM SINTONIA COM A CONSCIÊNCIA MAIOR




Existe uma energia vital que você pode sentir em todo o seu Ser, em cada célula do seu corpo, independentemente dos seus pensamentos.

Nesse estado de consciência, se você precisar usar a mente para algum fim prático, ela estará presente. E a mente funciona muito bem quando a inteligência maior que é você se expressa através dela. Talvez você não tenha se dado conta, mas aqueles breves períodos em que fica “consciente sem pensar” já estão ocorrendo natural e espontaneamente em sua vida. Você pode estar fazendo algum trabalho manual, andando pela casa, aguardando o embarque num aeroporto e estar tão presente que a estática habitual do pensamento se interrompe e é substituída por um estado de alerta. Ou você pode estar olhando o céu ou ouvindo alguém falar, sem fazer qualquer comentário mental. Suas percepções se tornam transparentes como cristal, sem qualquer pensamento para toldá-las.

Mesmo que você não perceba, a verdade é que essa é a coisa mais importante que pode acontecer a você. E o começo do processo de mudança, do pensar para o estar presente, alerta e atento. Sinta-se à vontade com o “não saber”. Isso leva você para além da mente, pois ela está sempre querendo tirar conclusões e interpretar. A mente teme não saber. Assim, quando consegue ficar à vontade com o “não saber”, você já foi além da mente. Um conhecimento mais profundo que não é baseado em qualquer conceito vai emergir desse estado.

Quando há um domínio completo da criação artística, dos esportes, da dança, do ensino, do aconselhamento, é sinal de que a mente pensante não está mais envolvida ou, no mínimo, está em segundo plano. Nessas áreas predominam uma força e uma inteligência que são maiores do que você e, ao mesmo tempo, fazem parte de você. Não existe mais um processo de decisão. As ações corretas acontecem espontaneamente, e não é “você” quem as faz. Ter o domínio completo da vida é o contrário de controlá-la. Você entra em sintonia com a consciência maior. É ela quem age, fala e faz o que é necessário.

A Verdade nos leva muito além do que a mente é capaz de compreender. Nenhum pensamento pode conter toda a Verdade. No máximo, pode apontar para a Verdade dizendo, por exemplo: “Todas as coisas são intrinsecamente uma só.” Essa é uma indicação, não uma explicação.

Compreender essas palavras é sentir profundamente dentro de si mesmo a Verdade para a qual elas apontam.

Quando você pensa ou fala a respeito de si mesmo, quando diz “eu”, está se referindo a “eu e a minha história”. Está falando do ego com seus gostos e desgostos, medos e desejos, o ego que nunca se satisfaz por muito tempo. Essa é a noção que a sua mente tem de você, condicionada pelo passado e buscando encontrar sua plenitude no futuro. Você se dá conta de que esse ego é fugaz e passageiro como uma onda na superfície do mar? Quem percebe isso? Quem compreende que sua forma física e psicológica é passageira? E o Eu Sou.

Esse é o “eu” mais profundo, que não tem nada a ver com o passado e o futuro.

Quando cada pensamento absorve toda a sua atenção, isso mostra que você se identifica com a voz que está dentro da sua cabeça. O pensamento se confunde então com o sentido do “eu”. Esse é o “eu” criado pela mente, o que chamamos de “ego”.

Esse ego construído pela mente se sente totalmente incompleto e precário. Por isso o medo e o desejo são as emoções e forças dominantes e motivadoras desse ego. Quando você se dá conta de que existe uma voz na sua cabeça que pretende ser você e não para de falar, percebe que, de forma inconsciente, você vem se identificando com a corrente do pensamento. Quando percebe a existência dessa voz, você compreende que não é essa voz, mas a pessoa que a percebe.

Ter liberdade é saber que você é a consciência por trás dessa voz.

 

Eckhart Tolle 

NADA DE DRAMA, POR FAVOR; ESTAMOS EVOLUINDO…


23 de julho de 2013
  No rastro da Lua Cheia, nós nos encontramos numa janela de oportunidade que durará até a Lua Azul de 20/21 de agosto. Esta oportunidade pode ser muito favorável e preciosa, se estivermos preparados para abraçá-la e fazer a nossa parte. Entretanto, se a deixarmos escapar, poderemos lamentar nossa falta de entusiasmo por ela, nos próximos meses. É a oportunidade de descobrir como lidar com energias poderosas em nossas vidas, transmutando o que a princípio pode parecer prejudicial em algo bem mais criativo e positivo.

 Este ato de alquimia energética é um dos maiores desafios para o ser humano. O ego gosta tanto de se prender a experiências aparentemente negativas e transformá-las numa refeição! Se deixássemos por conta dele, todo dia seria um drama Shakespeareano de jogos de poder, batalhas entre vontades e lutas mortais, tal é o relacionamento do ego com os melodramas da vida.

 Mas o desafio que temos diante de nós agora é levar a vida de forma diferente. Não, as coisas nem sempre caminham do jeito que esperávamos, as pessoas não agem do jeito que gostaríamos e não se comportam como nos comportaríamos… mas, e daí? Esta é a natureza da vida. Para cada vez que ficamos frustrados com alguém, existe alguém igualmente frustrado conosco; para cada ocasião em que cedemos às exigências de outrem, há alguém que também cedeu às nossas exigências da mesma forma em algum momento… e há grandes chances de que nem sequer o percebemos! Dar e receber – os altos e baixos da vida – significam que estas coisas ocorrem todos os dias e, se permitirmos que o ego continue fazendo uma grande novela de tudo, então, francamente, depois de tudo que aprendemos nos últimos anos, que esperança existe?!

 Portanto, este mês é um momento para fazermos tudo diferente, começando hoje. Na chegada da Lua Azul daqui a um mês, teremos a oportunidade de fechar a cortina sobre algumas partes de nossas vidas que realmente já ultrapassaram o limite da nossa acolhida e devem ser liberadas. Quando esse momento chegar, precisaremos ter bastante clareza sobre quais são essas partes e providenciar para que elas estejam de malas prontas para partir, dando-lhes um adeus firme e final, enquanto as observamos desaparecendo no horizonte. E para que possamos fazer tudo isso, podemos experimentar viver sem elas nas próximas semanas, mesmo que continuem sussurrando em nossos ouvidos diariamente.

 Então este é o plano: fique atento ao momento em que o ego se liga em alguma coisa e se apronta para preparar o drama habitual. Ele geralmente usa o mesmo enredo do último drama, e do anterior a este… Pode ser algo do tipo “ninguém aprecia os meus esforços” ou talvez “sou tão inútil, que nunca vou conseguir levar isto adiante”, ou “não posso suportar a dor desta separação” Ou pode ser algo bem específico, como “sou deste jeito porque x e y aconteceram comigo e nada vai mudar isso”

É assim que o ego nos captura, identificando-nos com as condições dolorosas em nossas vidas e estimulando-nos a criar uma identidade a partir delas. É um jogo sutil e poderoso, porque fica muito mais difícil nos desapegarmos dessas condições, quando sentimos que elas são uma parte fundamental daquilo que somos. Se não conseguimos imaginar a vida sem estarmos deprimidos, estressados ou aflitos todos os dias, então realmente precisamos fazer as coisas de um modo diferente, a partir de hoje.

 Não é fácil. Os seres humanos são complexos. Nossas mentes têm um grande poder sobre nós e a transformação pode ser um processo longo e doloroso nos aspectos mais densos de nossas vidas. Mas até isto está começando a mudar agora. O cadinho cósmico do mês que vem está pronto para acelerar o processo e libertar-nos das coisas que vem nos prendendo há um tempo demasiadamente longo… desde que façamos a nossa parte! Então hoje, quando nossas mentes começarem a nos contar as velhas estórias de “coitadinho de mim”, podemos parar, respirar e sorrir, lembrando que agora as coisas estão mudando e não precisamos mais agir do mesmo jeito que antes. E em seguida fazer o que faríamos se não estivéssemos vivendo aquele drama em particular, se não estivéssemos mais assumindo a velha estória sobre nós mesmos e nossas vidas.

 Estamos aprendendo um novo papel agora, trabalhando com um script diferente e, assim como um ator, estamos nos preparando para o grande momento. Precisaremos de um certo tempo e de comprometimento para conseguirmos chegar lá, e quando o fizermos… bem, nossas vidas poderão ser uma performance digna de um Oscar e poderemos nos orgulhar justamente de não termos nos permitido ser moldados como algo ou alguém que não somos.

 Amor para todos,

 Sarah Varcas  


 Direitos Autorais:

© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk.

 Fonte: http://astro-awakenings.co.uk/23rd-july-2013-between-now-and-the-bl...

 Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br  

segunda-feira, 29 de julho de 2013

GENTILEZA - VÍDEO




QUE A GENTILEZA POSSA FAZER PARTE DO SEU DIA A DIA,
PARA QUE POSSAMOS CONSTRUIR UM MUNDO MELHOR.

Sou Grata por compartilhar o meu caminho com todos vocês.

Margarida Pinheiro

domingo, 28 de julho de 2013

A SOBREVIVÊNCIA DE NOSSAS CRIANÇAS



 

 
 
 
 
Como mãe e pai, há algumas coisas que acho que seriam mais dolorosas do que a perda de um filho, e, no entanto, muitos pais hoje, estão experienciando isto. Filhos brilhantes, talentosos, amorosos, amáveis, estão declarando que a sua jornada acabou e estão decidindo se unir a nós de outro plano.

Por que isto tem que ser assim?

Eles não podem optar por ficar, em vez de quebrarem os corações dos seus pais e famílias?

Embora isto seja o que pensamos, há muitas outras razões para que isto esteja acontecendo, e acontecendo agora, e mesmo quando eles fazem a transição, a nossa conexão com eles continua.

Aqueles pais que têm filhos Índigos e Cristal têm fortes contratos de alma que prometem amor, apoio e orientação. Mas entrelaçada nestes contratos está a própria jornada Karmica dos filhos, independentemente da forma com que ela assuma.

Somos zeladores de nossos filhos, mas não temos controle sobre as suas jornadas Kármicas e as decisões que eles fazem para o próprio crescimento e cura da alma. Podemos ser o amor e o apoio que eles precisam, mas não podemos escolher a vida por eles e ditar o tipo de vida que eles irão viver.

O fim do Karma que está acontecendo agora é também o fim dos contratos de alma e isto é o que guia cada escolha que fazemos.

Embora eles sejam profundamente importantes, eles são um dos aspectos mais ocultos da jornada de nossa alma, em parte porque se estivéssemos conscientes de todos os termos dos contratos de nossa alma, as conexões que fazemos através deles e as experiências de vida que criamos por causa deles, provavelmente não encarnaríamos, não nos envolveríamos em relacionamentos, ou iríamos querer experienciar o nosso caminho de vida. Iríamos pensar que eles eram muito difíceis, cheios de muita dor e sofrimento e, ainda assim, até isto está em ordem divina.

Aqueles que decidem fazer a transição sabem que o seu caminho de vida está completo e embora eles possam ser jovens nos anos físicos, nos anos da alma eles completaram muitos ciclos e precisam avançar para outros espaços energéticos.

Muitos são mestres poderosos de compaixão e a sua morte cria experiências de abertura do coração para as suas famílias, comunidades e muitas vezes, para o mundo. Alguns experienciaram tudo o que eles precisam em uma existência e o seu caminho está completo.

Outros precisam trabalhar com a humanidade, fora do plano material, mas eles precisam estabelecer as conexões do coração aqui para permitir que isto aconteça. E alguns atravessam para se reconectar conosco, a partir deste espaço e nos ensinar sobre o “outro lado”. Se não estiverem familiarizados com Matthew Ward, que escreve os livros com a sua mãe, ele é um exemplo disto. Há muitos outros.

Damos a vida aos nossos filhos, mas não podemos fazê-los escolher a vida, em seus termos mais amplos, é uma jornada da alma que se revela continuamente, não do corpo. Aqueles com quem temos as conexões mais fortes nunca estão separados de nós, não importa em que dimensão eles existam.

E enquanto continuamos com a nossa promessa de acabar com o Karma com este ciclo da ascensão, encerrarmos os nossos ciclos Kármicos e permitirmos que os contratos de cura, de aprendizagem, de crescimento e transformação de nossa alma estejam concluídos, nós também teremos acesso a maiores conexões com todos os seres em todos os níveis de encarnação, vibração e presença energética.

Quando nos tornarmos mais multidimensionais, seremos capazes de nos conectarmos com todos, em toda parte, durante todo o tempo, com ou sem a presença física.

O que é importante é que reconheçamos e valorizemos o amor, a alegria e a conexão que temos com todos, a cada momento e que estejamos presentes nestas conexões. Esta conexão é o que nos sustem se tivermos que sobreviver às nossas crianças e, através da tristeza que esta situação traz, podemos talvez ser confortados pela lembrança de que o amor é eterno, está em toda parte e uma conexão que nunca pode ser rompida.
 
 
 
Mensagem canalizada por Jennifer Hoffman
22 de Julho de 2013
 
 
 
 
 
Direitos Autorais:
Site original: www.enlighteninglife.com   

Direitos reservados © 2004/2013 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel

Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br    
 

O ANO NOVO MAIA COMEÇA EM 26 DE JULHO DE 2013



 

 
 
 
 
 
 
Semente Galáctica Amarela

Você é uma semente estelar! Você contém um “pacote de sementes” holográfico de sua evolução dentro da Mente de Luz e a energia que dirige você em direção ao todo. Esta ressonância oferece uma visão ampliada do eu maior e de novas formas de perceber a realidade. Através da auto-aceitação, você é abençoado com esta jornada. Como uma explosão cósmica ressonante que é a plataforma de lançamento a partir da qual você pode ouvir o barulho do foguete de sua evolução acelerada.

Semente Amarela é o padrão ordenado de crescimento. Você e sua vida são o solo fértil, e o mistério floresce de dentro de você através do poder de sua intenção ou pensamentos-sementes. Assim como uma semente contém o holograma da sua conclusão, o processo de manifestação segue uma ordem natural. Neste processo de gestação, sua intenção é acelerada pelo Espírito. A semente carregada, o seu verdadeiro desejo ou visão, torna-se o foco para a germinação. A consciência cósmica não está apenas “lá fora”, está também ressoando dentro de você. Esteja sagradamente enraizado onde você está. Você é feito da Terra! Olhe através dos "olhos" em seus pés. Seu corpo é o atual foco de sua consciência – por onde todos os dons são recebidos. Lembre-se, também, que o ambiente está vivo e reage à sua consciência dele, portanto, a maneira como você percebe a Terra e sua forma física afeta a informação que você recebe.

O maior presente que você pode oferecer para o planeta é simplesmente ser o amor. Acredite em si mesmo e seus sonhos e visões! Lembre-se de seus dons especiais, o seu caminho de serviço na Terra, a sua promessa de servir à luz. Tudo o que você é está conectado ao todo maior. Você é uma semente estelar! Acredite em seus sonhos. Vocês são a esperança.

Esses trechos foram retirados do livro "The Mayan Oracle - Return Path to the Stars", de Ariel Spilsbury & Michael Bryner
http://holographicgoddess.com/
 
 
 
Mensagem de Gillian MacBeth-Louthan
25 de julho de 2013
 
 
 
 

Direitos Autorais:

Gillian MacBeth-Louthan - PO box 217 - Dandridge, Tennessee 37725-0217 -
www.thequantumawakening.com  thequantumawakening@hughes.net 
Expect Miracles, Inc. 2012 Todos os direitos reservados. Permissão concedida para copiar e redistribuir os Relatórios da 5D SOMENTE NA VERSÃO GRATUITA na condição de que o conteúdo permaneça completo, intacto, sejam concedidos todos os créditos ao autor e a distribuição seja gratuita.
Fonte:
http://achama.biz.ly/ 

Tradução: Luciana Pellegrini Drucker a href="mailto:luzpelegrina@gmail.com">luzpelegrina@gmail.com> 
FONTE: Portal Arco Irís
 

DESCASQUE A CEBOLA




O ser do homem é muito simples, mas a sua personalidade é muito complexa. A personalidade é como uma cebola — existem muitas camadas de condicionamento, corrupção, e ocultas por trás dessas muitas camadas está o simples ser do homem. Ele está por trás de tantos filtros que você não pode vê-lo — e oculto por trás desses muitos filtros você não pode ver o mundo também, porque tudo o que atinge você é corrompido pelos filtros antes de atingi-lo.

Nada nunca atinge você como é; você continua deixando de sentir. Há muitos intérpretes no caminho. Você vê alguma coisa — primeiro os seus olhos e os seus sentidos o falseiam. Então a sua ideologia, a sua religião, a sua sociedade, a sua igreja — eles falseiam tudo. Então as suas emoções — elas falseiam também. E assim por diante, o tempo todo... No momento em que a informação chega até você ela não é mais quase nada do original, ou tão pouca que não faz diferença. Você só percebe alguma coisa se os seus filtros permitirem, e os filtros não permitem muito.

Os cientistas concordam; os cientistas afirmam que vemos apenas dois por cento da realidade — apenas dois por cento! Noventa e oito por cento da realidade se perdem. Quando você está me ouvindo, ouve apenas dois por cento do que foi dito. Noventa e oito por cento se perdem, e quando os noventa e oito por cento se perdem, aqueles dois por cento ficam fora de contexto. É como se você pegasse duas páginas de um romance ao acaso, uma daqui, outra dali, e então começasse a reconstruir rodo o romance a partir dessas duas páginas. Noventa e oito páginas ficam de fora! Você não faz ideia do que elas continham; você nem mesmo sabe que elas existiam. Você tem apenas duas páginas e reconstrói toda a novela de novo. Essa reconstrução é uma invenção sua. Não é uma descoberta da verdade, é a sua imaginação.

E há uma necessidade interior de preencher as lacunas. Sempre que você vê que duas coisas não têm relação entre si, a mente sente uma pressão interior para relacioná-las; do contrário ela se sente muito intranquila. Então você inventa uma ligação. Você conserta as informações desconexas com elos, você as une com uma ligação e inventa um mundo que não existe.

George Gurdjieff costumava chamar esses filtros de "amortecedores". Eles o protegem da realidade. Eles protegem as suas mentiras, eles protegem os seus sonhos, eles protegem as suas projeções. Eles não permitem que você entre em contato com a realidade porque o próprio contato seria esmagador, chocante. O homem vive por meio de mentiras.

Conta-se que Friedrich Nietzsche teria dito: "Por favor, não tirem as mentiras da humanidade, ou então o homem não será capaz de viver. O homem vive por meio de mentiras. Não acabem com as ficções, não destruam os mitos. Não digam a verdade porque o homem não pode viver com a verdade." E ele está certo quanto a noventa e nove vírgula nove por cento das pessoas — mas que tipo de vida pode existir por meio de mentiras? Essa seria uma grande mentira em si mesma. E que tipo de felicidade é possível por meio de mentiras? Não há possibilidade; dai que a humanidade vive em sofrimento. Com a verdade há alegria; com as mentiras há apenas sofrimento e nada mais. Mas nós continuamos protegendo essas mentiras.

Essas mentiras são agradáveis, mas elas o mantêm protegido contra a felicidade, contra a verdade, contra a existência.

O homem é exatamente como uma cebola. E a arte consiste de como descascar e chegar ao seu centro mais profundo.

Osho, em "Intuição: O Saber Além da Lógica"