quinta-feira, 27 de junho de 2013

ALINHAMENTO INTERIOR



"Nem os conceitos, nem as fórmulas matemáticas podem explicar o infinito. 
Nenhum pensamento é capaz de conter a vastidão da Totalidade.

A realidade é um modo todo unificado, entretanto, o pensamento a divide em fragmentos. Isso causa erros básicos de interpretação - por exemplo, a ideia de que existem coisas e acontecimentos separados ou de que isto é a causa daquilo. Todos os pensamentos pressupõe uma perspectiva e toda perspectiva pela sua própria natureza implica limitação, o que em última análise, significa que não é verdadeira, pelo menos absolutamente.

Apenas o Todo é verdadeiro, porém, não pode ser expresso em palavras nem em pensamentos. De uma perspectiva distante das limitações do pensamentos e, portanto, incompreensível à mente humana, tudo está acontecendo agora. Tudo é que sempre foi ou que será, existe agora, fora do tempo, que também é uma construção mental.

Sempre que não encobrimos o mundo com palavras e rótulos, retorna à nossa vida a sensação do milagre, que foi perdida muito tempo atrás, quando a humanidade, em vez de usar o pensamento, deixou-se possuir por ele.

Uma profundidade volta à nossa vida. As coisas recuperam sua novidade, seu frescor. E o maior de todos os milagres é vivenciar o eu essencial antes de qualquer palavra, qualquer pensamento ou rótulos mentais e imagens. Para que isso aconteça, precisamos desvincular nossa percepção do eu com todas as coisas que se relacionam com ele. (...)

Tudo parece estar sujeito ao tempo, ainda assim, tudo acontece no Agora, no momento presente. Esse é o paradoxo. Sempre vemos várias evidências circunstanciais da realidade do tempo, como uma maçã murcha, nosso rosto no espelho comparado à nossa aparência em uma fotografia tirada há 30 anos antes. Porém nunca encontramos uma evidência direta, jamais vivenciamos o tempo em si.

A experiência que sempre temos é a do momento presente, ou melhor, a do que ocorre nele. Se nos basearmos apenas nas evidências diretas, então o tempo não existe e o Agora é tudo o que existe, sempre.

O Agora assume a forma de qualquer coisa ou acontecimento.
Enquanto resistirmos a isso internamente, a forma, isto é o mundo, é uma barreira impenetrável que nos separa de quem somos além dela, que nos afasta da Vida única sem forma que nós somos.
Quando dizemos um SIM interior para a  forma que o Agora adquire, ela própria se torna uma passagem para o que não tem forma. A separação entre o mundo e Deus se dissolve.

Somente quando resistimos ao que ocorre é que ficamos à mercê dos acontecimentos e o mundo determina nossa felicidade ou infelicidade.

Toda vez que você fica ansioso ou estressado, isso mostra que o propósito exterior assumiu o controle e você perdeu o propósito interior de vista. Terá se esquecido de que seu estado de consciência é primário e todo o resto secundário.
Contudo, o que originou a ansiedade ou tensão, ou o negativismo? Nosso afastamento do momento presente. E porque fizemos isso? Porque pensamos que outra coisa fosse mais importante. Acabamos por nos esquecer do propósito primário. Um pequeno erro, uma interpretação equivocada.. um mundo de sofrimento.

Estar alinhados com o que é significa estarmos numa relação de não resistência interna com os acontecimentos. Isso corresponde a não rotular essa realidade mentalmente como boa ou má, e sim, deixá-la ser o que é.
Isso quer dizer que não podemos mais agir para provocar mudanças em nossa vidas? Pelo contrário. Quando a base para nossas ações é o alinhamento interior com o momento presente, elas se tornam fortalecidas pela inteligência da Vida em si."

Eckhart Tolle em Em Comunhão com a vida

SAINDO DA ENERGIA DO "MEU" ENTRANDO NA ENERGIA DO "COMPARTILHAR"



Mensagem dos Arcturianos
Canalização de Sandra M. Luz
12/06/2013

Estava repousando por alguns minutos quando meu chacra frontal começou a pulsar...
Meus amigos estelares vivem num mundo atemporal e, portanto, eu é que tenho que me adaptar a eles.
Levantei e aqui estou...
Saudações estelares querida irmã, agradecemos sua compreensão, nem sempre podemos adequar seu tempo as nossas conexões.
Um dos grandes refreadores da evolução de seu planeta e dos seres humanos tem sido o ego.
Em tempo de transição ainda encontramos inúmeros seres humanos com seus egos elevados dizendo que algo lhe pertence.
E isso se torna mais grave quando estes seres possuem conhecimentos espirituais e não compartilham as informações que receberam.
Tudo, absolutamente tudo em seu mundo tem um propósito divino e, portanto, seu uso também deve ser divino.
Todas as informações enviadas aos seres humanos através de inúmeras fontes de informação tiveram sua origem no plano maior.
Ainda que muitos colaboradores tenham sido canais, deve ser entendido que a origem das informações recebidas vem das esferas superiores.
Em nosso mundo temos nossos aspectos físicos iguais e não nos reportamos a vocês como um ser único, mais falamos por nosso grupo, para não estimular em nós o aspecto do ego.
Não usamos os conhecimentos adquirimos como algo nosso, de nossa propriedade, mas sim como ferramentas disponíveis para todas as civilizações.
Quando vocês utilizam a energia do “meu” em algo que poderia ser de “todos” restringem a função divina da informação que obtiveram.
Se observarem seu mundo verão que ele se tornou altamente competitivo, desumano e desequilibrado e o caos se estabeleceu em muitas nações, povos, seres e mundos.
E então como podem mudar tudo isto?
Quando vocês vieram para suas jornadas terrenas trouxeram a informação de que partiriam em algum momento, no tempo estabelecido por vocês antes de vir a este planeta.
E suas consciências sabem que partirão apenas com as informações do que aprenderam, do que fizeram de suas existências e nada mais.
Quando compartilham jamais perdem, vocês somam, multiplicam e recebem muitas bênçãos.
Um novo mundo estará se apresentando brevemente em suas vidas, onde aqueles que insistem em dar mais poder aos seus egos serão sumariamente derrotados, porque cada vez mais estarão sozinhos.
Aqueles que não desejam mais viver sobre pressão, ganância, miséria, maldade decidirão seguir outro caminho em suas vidas.
E ao decidirem por um caminho de mais amor, paz, felicidade, equilíbrio e abundância divina, tornarão estas energias mais potencializadas em suas vidas e mais e mais seres com a mesma frequência se unirão a vocês.
E esta mesma energia de luz e de amor se propagará potencializando um numero cada vez maior de seres, que serão despertados por esta frequência mais elevada.
A transição esta sendo estabelecida em todo o Cosmo.
Aqueles que desejam caminhar para frente já estão sendo direcionados através de seu sensor interno, que registra uma necessidade de mudança em suas vidas.
Devem fortalecer em seu interior o poder da Confiança, Coragem, Determinação e fazerem as mudanças que necessitam e desejam, para que vivenciem um mundo melhor e mais feliz.
Novas informações e tecnologias estarão sendo disponibilizadas ao seu planeta, que permitirão um avanço no processo de cura e equilíbrio dos seres humanos.
Aqueles que estiverem abertos para receber estas informações com o propósito de compartilhar serão assistidos por nós.
Aqueles que ainda mantiverem a energia do “meu” deverão se trabalhar mais internamente, para que observem suas ações.
Quanto mais ativarem o chacra cardíaco (através do amor) e do chacra frontal (ativando a intuição e insights), mais estaremos potencializando a energia de cura e trazendo informações para serem compartilhadas com todos.
Desejamos que desenvolvam a energia do “compartilhar” , para que mais rapidamente seu mundo interno e externo vivencie o equilíbrio.

Somos os arcturianos.

AVENTURA-SE...DESBRAVEJAR...




Quando eu confio, eu sigo,
quando desconfio, eu paro.
Assim é o ser humano, que busca segurança em tudo.


Por isso são poucos os que se arriscam em aventuras.
Poucos são os que desejam atravessar o mar revolto,
os que continuam na escalada da montanha,
os que não param diante da dor.
Por isso contamos nos dedos os que chegaram a Lua,
os que escalaram o Everest,
que construíram com suas próprias mãos pontes,
viadutos, castelos, hospitais, empresas, etc.
Poucos ainda são os que não aceitam o “não”,
os que não melindram diante de uma ofensa,
os que não se abatem diante de um puxão de orelhas.
A maioria ainda tem muito “orgulho disfarçado”,
e chora quando o chefe chama atenção,
quando a professora fala dos seus erros,
quando a amiga comenta sobre o seu cabelo!!!
Então temos de um lado, os que vivem para chorar,
os que adoram uma lamentação fácil,
e os que engolem o choro, levantam a cabeça.
e provam para si mesmos, que podem muito mais.
São esses que construíram automóveis,
que fizeram os aviões, que deram razão para a Matemática.
Aqueles que queimaram na fogueira da ignorância,
mas deixaram um legado que não morre.
Hoje, mais uma vez, você tem a oportunidade de escolher,
se quer ficar mais um dia na lamentação inútil,
ou arregaçar as mangas e desafiar tudo e todos,
para mostrar que você pode recomeçar.
vencer o medo e sair na rua,
vencer a dor e trabalhar,
vencer a doença e sarar,
vencer o ódio e amar,
vencer a descrença geral e ser,
ser muito feliz por ser você.
E você, não é POUCA COISA,
você é retrato do criador,
fruto divino de muito amor,
e pode reverter o que quiser,
se desejar, se simplesmente crer.
Seja então, a renovação que você tanto espera.
Seja feliz!


Paulo Roberto Gaefke

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 24 DE JUNHO DE 2013 
Já falamos antes sobre a utilização da afirmação de uma única palavra para ajuste energético, que é simplesmente dizer a palavra que melhor corresponde a como vocês gostariam de se sentir.
Por exemplo: se vocês se sentem fracos, vocês poderiam simplesmente dizer para vocês mesmos: "forte", e isto ajustaria sua energia imediatamente para ajudá-los a se sentirem fortes.
A afirmação de uma única palavra oferece apoio instantâneo.
Hoje gostaríamos de falar sobre a utilização da afirmação de uma única palavra como uma ferramenta de manifestação.
Pensem naquilo que vocês gostariam de criar para si.
Encontrem a palavra que melhor corresponde, por exemplo, amor.
Testem a palavra dizendo-a para si.
É bom?
Maravilha; então, por repetirem-na para si, vocês estarão apoiando essa energia interiormente e pela lei da atração, vocês atrairão mais do mesmo para vocês.
A palavra os faz sentirem-se desconfortáveis?
Este desconforto os está informando que vocês podem ter um bloqueio energético ao que vocês desejam criar para si, seja medo, um sistema de crença antigo, questões de mérito, etc..
Vocês sentirão isto em seu corpo, normalmente, na sua área abdominal.
Imaginem essa resistência subindo e saindo de seu corpo, ou se preferirem, vocês podem pedir aos seus anjos e auxiliadores para assisti-los na liberação dela.
Repitam isto até vocês poderem dizer a palavra que represente o que vocês desejam criar para si e sintam-na repousar confortavelmente em seu corpo.
Esta é uma ferramenta poderosa para vocês porque ela retira o estresse do texto.
Permite que vocês abracem a essência pura das energias do que vocês desejam experimentar mais, e por sua vez, vocês se tornam o farol energético que atrairá mais dessas energias para manifestar em sua realidade.
É simples e extremamente eficaz.
Arcanjo Gabriel
 Canalizado por Shelley Young

RESISTÊNCIA, O MEDO DISFARÇADO...






"O ego acredita que a nossa força reside em nossa resistência, quando, na verdade, a resistência nos separa do Ser, o único lugar de força verdadeira.

A resistência é a fraqueza e o medo disfarçados de força.
O que o ego vê como fraqueza é o Ser em sua pureza, inocência e poder. O que ele vê como força é fraqueza.
Assim, o ego existe num modo contínuo de resistência e desempenha papéis falsos para encobrir a “fraqueza”, que, na verdade, é o nosso poder.

Até que haja a entrega, a representação inconsciente de determinados papéis se constitui em grande parte da interação humana. Na entrega, não mais precisamos das defesas do ego e das falsas máscaras. Passamos a ser muito simples, muito reais. “Isso é perigoso”, diz o ego, “Você vai se machucar. Vai ficar vulnerável.”

O ego não sabe, é claro, que somente quando deixamos de resistir, quando nos tornamos “vulneráveis”, é que podemos descobrir a nossa verdadeira e fundamental invulnerabilidade.

Sempre que acontecer uma desgraça ou alguma coisa de ruim na sua situação de vida – uma doença, a perda da casa, do patrimônio ou de uma posição social, o rompimento de um relacionamento amoroso, a morte ou o sofrimento por alguém, ou a proximidade da sua própria morte -, saiba que existe um outro lado e que você está a apenas um passo de distância de algo inacreditável: uma completa transformação alquímica da base de metal da dor e do sofrimento em ouro. Esse passo simples é chamado de entrega.

Quando a sua dor é profunda, tudo o que se disser a respeito vai, provavelmente, lhe parecer superficial e sem sentido.
Quando o seu sofrimento é profundo, você provavelmente tem um grande anseio de escapar e de não se entregar a ele. Você não quer sentir o que está sentindo. O que pode ser mais normal? Mas não tem escapatória, nenhuma saída.

Existem algumas pseudosaídas como o trabalho, a bebida, as drogas, o sexo, a raiva, as projeções, as abstenções, etc., mas elas não libertam você do sofrimento. O sofrimento não diminui de intensidade quando você o torna inconsciente. Quando você nega o sofrimento emocional, tudo o que você faz ou pensa fica contaminado por ele.
Você o irradia, por assim dizer, como a energia que se desprende de você, e outros vão captá-lo subliminarmente.
Se essas pessoas estiverem inconscientes, podem até se ver compelidas a agredir ou machucar você de alguma forma, ou você pode machucá-las em uma projeção inconsciente do seu sofrimento. Você atrai e transmite aquilo que corresponde ao seu estado interior.

De quanto tempo você precisa para ser capaz de dizer:
“Não vou mais criar dores, nem sofrimentos”?
Quanto você ainda tem de sofrer antes de fazer essa escolha?

Se você pensa que precisa de mais tempo, você terá mais tempo – e mais sofrimento. O tempo e o sofrimento são inseparáveis.

Como a resistência é inseparável da mente, o abandono da resistência – a entrega – é o fim da atuação dominadora da mente, do impostor fingindo ser “você”, o falso deus. Todo o julgamento e toda a negatividade se dissolvem.

A região do Ser, que tinha sido encoberta pela mente, se abre.
De repente, surge uma grande serenidade dentro de você, uma imensa sensação de paz.
E, dentro dessa paz, existe uma grande alegria.
E, dentro dessa alegria, existe amor."

Do livro O Poder do Agora de Eckhart Tolle

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 23 DE JUNHO DE 2013
Há uma grande diferença entre ser um criador consciente e um controlador.
O primeiro opera de seu alinhamento maior com facilidade, graça, fluxo e inspiração.
O outro ainda tenta navegar nas energias inferiores lamacentas da 3D e nem está perto de ser apoiado.
Ouçam-nos quando dizemos que a luta não é tão somente desnecessária, ela também é um meio não apoiado energeticamente de fazer as coisas.
É por isso que muitos de vocês tentam e tentam forçar as coisas até estarem exaustos e finalmente desistirem irritados e então, de repente, as coisas começam a acontecer.
A desistência é entrega.
Ela significa que vocês finalmente saíram do seu próprio modo de comandar e é isso que permite que o fluxo comece a funcionar para vocês.
Nós lhes dizemos que, se vocês estiverem tendo muito problema para vocês fazerem alguma coisa acontecer, vocês a estão realizando a partir do velho modo obsoleto de fazer as coisas.
Entreguem, fluam e esperem somente o bem maior para todos.
Arcanjo Gabriel
Canalizado por Shelley Young

A IMPORTÂNCIA VITAL DO ALINHAMENTO INTERIOR*



 Por Owen Waters.

16 de Junho de 2013.


Muitas pessoas na sociedade trabalham atualmente em empregos que não gostam, e se encontram com pouco ou nenhum tempo para atividades que aumentem a qualidade de suas vidas. Estas pessoas estão sendo mantidas fora do alinhamento com o seu eu interior.


Tradicionalmente, a sociedade tem pressionado as pessoas na conformidade. A pressão dos colegas para se conformar a um grupo social imediato começa na escola, porque, desde a mais tenra idade, as pessoas aprendem que devem se conformar às normas externas.

Na Inglaterra, a frase “conheça o seu espaço”, é usado como uma crítica para alguém que começou a se tornar proeminente de alguma maneira.

No entanto, esta pressão para a submissão esteve diminuindo nas últimas décadas, e continuará a diminuir à medida que as pessoas perceberem que há força na diversidade. A diversidade é natural. A submissão não é natural.
No universo, cada floco de neve, cada pessoa e cada próton é único. Juntos, a soma das partes forma um universo perfeito de infinita diversidade.


A diversidade é projetada para o universo, porque o universo existe a fim de que o Ser Infinito, Tudo O Que É, possa adquirir uma variedade infinita de experiências. No caso dos seres humanos como expressões da Fonte, temos o livre arbítrio, de modo que podemos fazer escolhas. Fazer escolhas e experienciar os resultados destas escolhas, é do que a vida humana se trata.

Alinhamento interior significa se tornar mais o seu verdadeiro eu. Seu ser interior é o seu eu verdadeiro, e ao desenvolverem o seu potencial interior, vocês expressam mais e mais o seu eu verdadeiro.

Na consciência da Nova Realidade, centrada no coração, o apoio mútuo é compartilhado entre as pessoas. Isto significa que ser diferente é adequado, desenvolver habilidades pessoais é adequado e explorar o seu próprio potencial é adequado. Lá no fundo, todos são iguais. No entanto, em sua forma única de expressão no mundo exterior, vocês são diferentes detodos. Nem melhores e nem piores, nem superiores e nem inferiores. Apenas diferentes, porque a diversidade é natural e honrada através do respeito mútuo.

 A Nova Realidade da consciência centrada no coração está sendo construída na Terra, uma pessoa de cada vez. A consciência da Nova Realidade é um estado de consciência de apoio e de capacitação, em vez da consciência da Velha Realidade da separação e do medo.

 Quando uma pessoa manifesta o seu próprio ser interior, único, ela se torna alinhada, da mesma forma que um feixe de laser é alinhado, ao invés de ser disperso pelo “deve ser” e “não deve ser” externos. Quando muitas pessoas na sociedade se alinharem ao seu próprio poder pessoal, o todo se torna muito mais influente do que a soma das partes. Na verdade, torna-se
exponencialmente mais  poderoso.

Quando um número suficiente de pioneiros escolherem a consciência da Nova Realidade, chegará um dia em que a sua influência poderosamente alinhada, alcançará uma massa crítica. Então, ela irá transformar o restante da sociedade. A sociedade, como um todo, perceberá então que a consciência centrada no coração é o caminho a seguir para a criação de um novo e
brilhante futuro. 

 http://www.SpiritualDynamics.net

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

QUEM SOU EU?



"Eu sou quem quer que você pense que eu sou, porque isso depende de você.
Se você olhar para mim num vazio total, eu serei de uma maneira.
Se olhar para mim com ideias na mente, essas ideias vão me colorir.
Se se aproximar de mim com preconceito, então serei de outra maneira.
Eu sou apenas um espelho.
A sua face será refletida nele.
Assim, depende da maneira como me olha.
Eu desapareci completamente; portanto, não posso impor a você quem sou.
Nada tenho para impor.
Existe apenas um vácuo, um espelho.
Agora você tem completa liberdade.
Se quiser realmente saber quem sou, você precisa estar tão absolutamente vazio quanto eu.
Desse modo, dois espelhos estarão um diante do outro, e só o vazio será refletido.
Um vazio infinito será refletido: dois espelhos se olhando.
Mas se existir em você alguma ideia, então, você verá sua própria ideia em mim."

Autor Desconhecido

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL



DE 20 DE JUNHO DE 2013
Cada um e todos vocês estão no planeta para experimentar serem grandes criadores.
O que vocês decidem criar é um ato de autodefinição.
Às vezes empata com seu alinhamento maior, às vezes os ajuda a escolher de modo diferente para encontrar seu alinhamento maior, mas sempre é totalmente perfeito para vocês e seu caminho.
Queridos, amem os outros o suficiente para permitir que eles tenham suas próprias criações!
Não tentem tornar os outros errados por seus empreendimentos de autodefinição.
Vocês não podem nem imaginar o que eles precisam experimentar.
Seu conselho sempre está baseado no que é certo para vocês e seus caminhos, tal como outros dão conselhos baseados no que funciona para eles e seus próprios caminhos exclusivos e o que eles desejam experimentar.
Uma pessoa cuja agenda é experimentar segurança e constância certamente não entenderá alguém cuja agenda é experimentar liberdade e movimento!
Vocês entendem?
Amem uns aos outros com o entendimento profundo de que cada um de vocês está fazendo precisamente o que precisa fazer, e nós devemos acrescentar, fazendo brilhantemente
Todos vocês estão adicionando à beleza que é a tapeçaria da Nova Terra.
Arcanjo Gabriel
 Canalizado por Shelley Young

PRECE ÁRABE



Deus, não consintas que eu seja
O carrasco que sangra as ovelhas,
Nem uma ovelha nas mãos dos algozes.
Ajuda-me a dizer sempre a verdade
Na presença dos fortes,
E jamais dizer mentiras para ganhar os aplausos dos fracos.
Meu Deus!
Se me deres a fortuna,
não me tires a felicidade;
Se me deres a força, não me tires a sensatez;
Se me for dado prosperar,
não permita que eu perca a modéstia,
Conservando apenas o orgulho da dignidade.
Ajuda-me a apreciar o outro lado das coisas,
Para não enxergar a traição dos adversários,
Nem acusá-los com maior severidade do que a mim mesmo.
Não me deixes ser atingido pela ilusão da glória, quando bem sucedido
E nem desesperado quando sentir insucesso.
Lembra-me que a experiência de um fracasso
poderá proporcionar um progresso maior.
Ó Deus!
Faze-me sentir que o perdão é maior índice da força,
E que a vingança é prova de fraqueza.
Se me tirares a fortuna,
Deixe-me a esperança.
Se me faltar a beleza da saúde,
Conforta-me com a graça da fé.
E quando me ferir a ingratidão e a
incompreensão dos meus semelhantes,
Cria em minha alma a força da desculpa e do perdão.
E finalmente Senhor,
Se eu Te esquecer,
Te rogo mesmo assim,
Nunca Te esqueças de mim !

CANALIZAÇÃO DE SÉRGIO NOGUEIRA




26/06/2013
Companheiros de evolução.
Estamos felizes em compartilhar com muitos de vocês da superfície esta hora tão esperada por todos nós. nós também estamos aguardando este momento por muito tempo, o grande momento em que nos uniremos novamente, onde seremos todos um em compartilhamento, desejo e vibração.
Muitos de vocês já estão acomodando vossas energias com as novas, estão ocupando seus devidos lugares na nova terra, por mais que ainda as energias pesadas da terceira dimensão ainda os toquem, mas nada que não seja compreensível, afinal ainda estão ai, com corpos densos e limitados a fisicalidade.
Todo o processo tem seu caminho a seguir, tudo está simultaneamente acontecendo em sua importância, os corpos estão mudando, a terra esta mudando, as energias estão mudando, mas é preciso que muitas coisas sejam trazidas bem diante da luz para aqueles que ainda estão de olhos fechados e em seu íntimo podem acordar, que sejam acordados pelos fatos, por isso todos tem tido uma sensação de piora, mas tudo está na mais perfeita ordem, como deve ser.
Se vocês já estão despertos, aproveitem os acontecimentos para irem deixando todo esse holograma para traz, vão percebendo que não precisam mais dele e de fato não mais fazem parte dele, a não ser por motivos óbvios, se ainda estão no corpo físico na dimensão que estão, coisas práticas devem ser resolvidas, mas com toda a simplicidade que deve ser tratada.
Assim quando o ponto de sutilização dos corpos se intensificarem para muitos de vocês se dará de forma tranquila e muito rápida.
Estamos voz esperando com muito amor e com muito para compartilharmos, estamos em festa para o grande retorno da terra e de todos vocês.
Que a paz e a luz reine em seus corações, seus irmãos intraterrenos
Canalizado por Sérgio Nogueira da Fraternidade Lírio Branco

segunda-feira, 24 de junho de 2013

ORAÇÃO DO DIVINO PERDÃO


"Com todo o Poder da Presença de Deus e do raio do amor eterno. Eu perdôo, perdôo, perdôo, a cada pessoa, lugar, condição ou coisa que me tenha feito mal, de qualquer modo, em qualquer momento, por qualquer razão, e agora me envolvo em amor todas as dívidas a mim devidas vida.

Eu invoco a Lei do perdão para mim mesmo e para toda a Humanidade pelo mau uso da Energia Sagrada de Deus. Perdoe-me! E à medida que somos perdoados enviamos uma dádiva de amor para equilibrar todas as dívidas à vida que alguma vez tenhamos contraído e que ainda estejam sem pagar.

Nós somos gratos pela lei do perdão que nos permite amar a vida livre da roda do mau karma antes que ele possa manifestar-se ou ser sustentado por mais tempo. Nós aceitamos isto no mais do que nos é Sagrado. Amém".

Monica Buonfiglio

http://www.terra.com.br/esoterico/monica/oracao_perdao.htm

ORAÇÃO PARA O AMOR



 

Senhor...
Nessa eternidade que é a evolução de minha alma,
tudo é perfeito e pleno.
No entanto, minha vida está sempre mudando.
É um constante reciclar de experiências.
Cada momento é novo e fresco,
e sinto que cada dia deve ser um recomeço.

Senhor...
Na grandeza e perfeição de todas formas de criação,
criaste as polaridades.
Existe em mim uma fonte infinita de amor,
amor a Deus,
amor à família,
amor à natureza,
amor ao próximo.
Mas também preciso compartilhar,
preciso amar e ser amada,
quero ser feliz, dividir minhas alegrias.

Senhor ...
Ilumina minha alma,
Acalma meu coração,
Liberta-me desta angustia e solidão,
direciona meus passos na seqüência certa
para uma união feliz,
e que eu atraia somente pessoas
dignas e benéficas para minha vida.

Senhor...
que a Onipotência de sua mão se estenda
sobre mim, abençoando todo o meu ser.
Amém!
Extraído do site PORTAL ARCO IRIS

AGORA É HORA DE FLUIR COM O AMOR...




Depois de tantas buscas... encontros e desencontros, aprendi mais um pouco a fluir com a vida, sem resistir tanto, nem tentar controlar tanto as coisas...
Se eu tivesse aprendido isso seria tudo... porque tudo que a Vida nos pede é para fluir com ela...

No início era assim... um fluxo contínuo.... um pulsar natural como o ritmo do coração que vibra o Amor Maior...

Um mar de energia borbulhante... de Plenitude...

Depois... nos esquecemos que podíamos confiar no Grande Mistério e que tudo nos chegava assim... naturalmente, momento a momento, na medida do necessário... nem mais... nem menos.

E aos poucos fomos aprendendo a querer controlar as coisas... guardando experiências... e isso já nos tirou do fluxo do eterno presente, pois... se tentamos repetir no presente o que deu certo no passado, já estamos vivendo de memórias... já estamos vivendo de passado e impedindo que o único tempo que existe nos ofereça sua riqueza infinita.

E assim fomos criando histórias e acreditando nelas... e repetindo infinitas vezes as mesmas coisas...

Nos acostumamos a acreditar que o poder estava fora de nós... Nos esquecemos do nosso maior poder que é a possibilidade da conexão direta com o Sagrado que habita silencioso no profundo de cada um...

Tínhamos tudo e não tínhamos nada... porque preferíamos acreditar no que vinha de fora do no que temos dentro... E assim... pouco a pouco fomos sendo controlados por muitas coisas... Coisas que nos faziam crer, dar total segurança... e por ilusão ou cegueira coletiva íamos seguindo... e seguindo... seguindo tudo que nos mandavam seguir... Menos o nosso coração... que em nenhum momento dessa longa história parou de pulsar nos chamando para o caminho...

Tum... Tum... Tum... Pulsar...
Alguns começaram a escutar esse chamado e a ter coragem de seguir esses caminhos, contra tudo e contra todos... outros e mais outros foram chegando... e mais e mais... até que um dia, começamos a fluir de novo com a Vida... por momentos raros... ou nem tanto... mas que já nos dão um gostinho do que é desfrutar daquilo que é nosso por direito Divino.

Fluir com a Vida momento a momento e receber o presente não requer esforço... mas requer Entrega... e Fé...

E é aí... nesse tempo maravilhoso de reconexão, que nos encontramos... um tempo único... um tempo mágico onde possibilidades se oferecem a quem tem coragem de experimentar... a quem acredita que merece todas as coisas boas...
É nesse tempo que estamos... um tempo de conflitos... de caos... de mudanças profundas... mas de riqueza infinita.
Será que vamos nos acomodar na posição de vítimas ou vamos nos abrir para aproveitar todas as oportunidades que esse tempo nos oferece... Será que vamos continuar como seguidores ou vamos nos arriscar a conhecer a nossa maior força...

Até hoje fomos muito guiados pelo medo...
Agora é hora fluir com o Amor...

Rubia A. Danté

UM LEVE RUMOR DE INTEGRIDADE ...



Será que temos coragem de ser verdadeiros com a gente mesmo e admitir que muitas das coisas que falamos que estão boas, na verdade, poderiam estar muito mais satisfatórias?

Será que muitas vezes não nos acomodamos nas coisas por pensar que só daquela forma elas podem acontecer... e que, mesmo que essa forma esteja longe do que sonhamos, acabamos nos adaptando, como se só assim fosse o possível?

Quantos sonhos ainda nos fazem vibrar a Alma?

Tem horas em nossas vidas que são muito especiais porque nos levam a questionar coisas que eram verdades, até então... E nesses horas, podemos perceber o quanto estávamos presos e limitados nas antigas crenças e o quanto podemos ampliar nosso horizontes e nossos sonhos...

Nessas horas, é preciso a gente ter coragem de olhar para dentro e observar com cuidado onde estamos nos deixando enganar... o quanto estamos sendo verdadeiros com a gente mesmo... e o quanto estamos abrindo mão da nossa verdade para seguir a verdade do outro... para seguir a verdade dos nossos medos, das nossas culpas e de todas as partes que rejeitamos em nós mesmos, mas que mesmo assim, ditam suas verdades, lá do mundo das sombras... onde as colocamos e onde elas têm um poder muito maior do que quando nos dispomos a trazê-las à Luz...

Aprendemos que existem boas e más qualidades, e que as boas deveriam ser mostradas e as más deveriam ser negadas e escondidas... e que estes conceitos variam de acordo com a época, a cultura, os grupos religiosos, políticos, etc. e dentro das nossas inúmeras experiências vividas nesse Planeta Terra, nesse e em outros corpos, nessa e em outras épocas... acredito que já passamos por tantas experiências onde esses conceitos variavam, que acho que temos dentro de nós muitas possibilidades que brigam entre si, que a mesma coisa que hoje é boa já foi ruim e vice-versa, e que se não nos dispusermos a olhar para dentro e liberar essa parafernália toda que dirige a nossa vida, estamos fadados a viver no mais ou menos bom, estamos condenados a acreditar que o mundo limitado que enxergamos é tudo que existe... Mas olhar com olhos de ver e com bons olhos...

Estava nesse ponto do texto e tive que deixar para o dia seguinte... e na hora de dormir, fiquei pensando em como poderia encontrar uma situação que exemplificasse de forma clara o que eu queria dizer...

Acordei com o telefonema de uma amiga que entusiasmada me conta que ao caminhar descobriu uma crença que ela não sabia que tinha...
Essa amiga é uma pessoa muito bonita e especial, com dons maravilhosos... que ela assume de forma muito corajosa e verdadeira... porque fogem ao convencional e se manifestam pelo uso da intuição e... inexplicavelmente, ela não conseguiu ainda um relacionamento satisfatório...

Ela me conta, então, que durante a caminhada, teve clareza que uma parte dela acreditava que teria de dar conta sozinha da parte financeira, porque o trabalho dela fugia ao que era convencional e que ela tinha, em alguma época remota, assumido o compromisso de ter que dar conta dessa parte sem a ajuda de um companheiro.
Nos lembramos, então, que ela uma vez falou assim -nenhum homem me banca- o que confirmava essa crença.

Ao mesmo tempo, conscientemente, ela acreditava e, até esperava, que a ajuda financeira poderia vir de um companheiro...

Falei que ela tinha duas crenças conflitantes e brinquei assim: a metade das possibilidades de pessoas que existem no mundo, para você se relacionar, são eliminadas pela primeira crença, e a outra metade pela segunda...

Rimos muito... mas, percebemos como é sério o fato de como entregamos a criação da nossa realidade a essas crenças e... como é importante a gente ter coragem de olhar para tudo que temos guardado no mundo das sombras, porque aí pode estar a chave da tão buscada felicidade.

Se quer mergulhar fundo para se encontrar por inteiro, deixe de lado o julgamento e coloque o Amor e Aceitação em seu lugar...
Uma pitada de bom humor também ajuda muito... e os tesouros que vamos encontrar escondidos por trás das partes que estavam no mundo das sombras... vão nos resgatando pouco a pouco e um leve rumor de integridade já começa a se instalar em nossa realidade...

Rubia A. Dantés

O QUE É ILUSÃO?



Ilusão é aquilo que nos identifica com o mutável, o perecível, todos nós estamos, de alguma maneira, sujeitos às ilusões de maya*, que nos compele à sua natureza dual.

Para perceber a ilusão, o homem pode usar suas faculdades mentais, mas, para superá-las totalmente, terá de desvenciliar-se delas, pois corpo e mente são apenas ilusões criadas para que a alma cresça, somente o coração é que pode salvar-nos da ilusão.

A mente é usada para que o ser se desvencilie dos instintos corporais que lhe preservam esta manifestação, e passe a garantir suas manifestações através desta nova aliada. Quando ele se liberta dos instintos através de opções entre certo e errado que sua mente o fez seguir, ele enfrenta um grande desafio, que é a ilusão do certo e do errado, que passa a lhe perseguir, pois sua mente necessitou desses conceitos para conduzi-lo e ainda, se ele se conduziu sempre pelo caminho dármico, utilizou a mente para perceber darma, mas a mente não pode perceber, ela apenas estabelece relações úteis, então ele deve enfrentar o fato de que a mente também é uma ilusão que acaba, assim como o corpo físico.

O coração é o caminho que leva à alma, e ela é o encontro com o Pai-Mãe Criador, é nossa parte divina, tudo que vivenciamos pode ou não transformar-se em consciência, porém, para isso, é necessário que se vivencie darma, caso contrário, nossas consciências não evoluem.

Exemplo: Um ser é médico em uma encarnação, quando seu corpo perecer, a bagagem de sua mente não será aproveitada em uma próxima encarnação, pois os conhecimentos da mente não são eternos, no entanto, se ele gravar em sua consciência o darma de socorrer através dos conceitos de medicina a que teve acesso, terá uma natural tendência à medicina.

Por isso mesmo, sabemos que tudo que nos rodeia é ilusão, em nível mais grosseiro ou mais sutil.

O que devemos perceber ainda, é que o caminho do meio consiste em se sujeitar somente às ilusões absolutamente necessárias à nossa experiência, procurando, inclusive através delas, aumentar nossa consciência. Quando Jesus disse que "O reino dos céus não pertencia a este mundo", estava observando como enquanto estivermos sujeitos às manifestações físicas e astrais, estaremos no reino de maya, e não no eterno imutável.

Devemos, no entanto, entender que, se o Pai-Mãe Criador aqui nos colocou, foi para que aprendêssemos e nos tornássemos conscientes disto, por isso, o melhor caminho é sempre o caminho do meio, aquele que consiste em adquirir consciência da ilusão, mantendo suas manifestações físicas e astrais, sem se apegar a elas. Infelizmente, são poucas as pessoas que conseguem estabelecer este nível consciencial.

Logramos, entretanto, que ao menos as ilusões mais grosseiras, que nos revestem de desarmonias, sejam superadas, dentre elas: a sensualidade, que é desenvolvida através do apego ao corpo físico e aos instintos; a vingança, que é o apego ao ego (auto-importância), que nos torna suscetível à raiva; a inveja; o preconceito; a crueldade; a violência; a cobiça; a tristeza, que é uma auto-punição, regada por se estar pensando sempre somente em si e finalmente, sentir-se derrotado pelas ilusões da mente. Podemos enquadrar aqui também a depressão, a angústia e até mesmo as doenças psicossomáticas.

A felicidade é simples, é como o amor, também muito simples, um não existe sem o outro. Se você não está simplesmente feliz e não sente amor, as ilusões estão tomando o espaço de seu coração e ameaçando sua experiência, identifique-as e não mais se apegue a elas, transforme sua maneira de ver e sentir as coisas deste e de outros mundos, cure seus apegos e desejos, pois eles é que mantém toda a ilusão, não tenha medo de mudar, pois o medo é a ilusão de que o desconhecido e o conhecido não são uma única presença, lembre-se que tudo é amor.

Amor no coração é Paz, amor na mente é felicidade. O amor pode e irá livrá-lo do medo, pois o amor é eterno e se manifestará eternamente, mesmo que não o consiga ver; o medo, no entanto, é apenas uma barreira ilusória na sua caminhada. Torne sua caminhada mais fácil, retirando as ilusões entulhadas no seu caminho, e lembre-se: Natureza Divina é amor, e o amor é a única justificativa para todas nossas ações, ele nos conduz, nos alimenta, nos impulsiona para ele, mesmo quando não o conhecemos.

Irmãos de Órion.
Mensagem recebida em 15/09/99.
Fonte:  Fragmentos da Alma.
* Maya é um outro nome dado à ilusão, ou seja, do reino mutável e perecível das coisas temporais. É abundante nos mundos materiais e astrais. http://www.geocities.com/Area51/Quasar/1019/Oilusao.htm

MINUTOS DE SABEDORIA



Quando as almas buscam conhecimento e sabedoria no Mundo, umas encontram, outras não. Tudo depende daquilo que procuram e acreditam. Também é certo que não podemos falar aos cegos das lindas cores do arco-iris que se formam no céu acima das suas cabeças, nem falar aos surdos das maravilhosas sinfonias naturais como o trinar dos pássaros, dos riachos e cascatas, do ribombar das águas do mar, ou das folhas das árvores quando a brisa do vento as faz 'tilintar'... Na verdade Jesus dizia que "muitos têm olhos mas não vêm, têm ouvidos mas não ouvem" e tem coração mas não sentem... Bem-aventurados os que buscam e encontram a verdade das coisas eternas e sabem Ser e estar neste mundo de coisas efémeras...
 Rui Palmela

NÃO SE APRESSE




"Não se apresse em acreditar em nada, mesmo se estiver escrito nas escrituras sagradas. Não se apresse em acreditar em nada só porque um professor famoso que disse. Não acredite em nada apenas porque a maioria concordou que é a verdade. Não acredite em mim. Você deveria testar qualquer coisa que as pessoas dizem através de sua própria experiência antes de aceitar ou rejeitar algo."
(Siddartha Gautama, o Buddha.

domingo, 23 de junho de 2013

ÁRVORE



Uma árvore não fica de costas para ninguém.
Dê a volta em torno dela, e a árvore estará sempre de frente para si...
OS VERDADEIROS AMIGOS TAMBÉM...
Dizem os chineses:
Árvore plantada com amor, nenhum vento derruba!
UMA VERDADEIRA AMIZADE!
Quem planta árvores, cria raízes.
Quem cultiva bons amigos, também!
As árvores, como os amigos, produzem beleza para os olhos e ouvidos, na mudança sutil das suas cores.
A árvore é sombra protetora, como os amigos; sombra que varia com o dia, que avança e faz variados rendados de luz semelhantes às estrelas...
As árvores são sinonimo de eternidade...
E uma verdadeira amizade também é para sempre!

autor  desconhecido

SERES DE LUZ



A luz constitui um dos maiores mistérios do universo.
Somente entendendo-a ao mesmo tempo como partícula material e como onda energética
podemos ter uma compreensão mais profunda das dimensões da luz.
Hoje sabemos que todos os seres vivos emitem luz, biofotons, a partir das células da DNA.
Por isso todos nós irradiamos uma bela e brilhante aura.
Fazia-se e faz-se ainda hoje a impressionante comparação com o Sol, com seus raios de luz, que nasce como uma criança.
Na medida em que o Sol sobe no firmamento, vai crescendo como um adolescente até chegar à idade adulta ao meio-dia.
Pela tarde vai definhando até ficar velho e morrer atrás da linha do horizonte.
Mas, passada a noite, ele volta a nascer, limpo, brilhante, sorridente como uma criança.
Como não celebrá-lo festivamente?
Como não entendê-lo como sinal da realidade originadora de todas as coisas?
Nós todos somos seres de luz.
Fomos formados originalmente no coração das grandes estrelas vermelhas, há bilhões de anos.
Carregamos luz dentro de nós, no corpo, no coração e na mente.
Especialmente a luz da mente nos permite compreender os processos da natureza e penetrar no íntimo das pessoas...
E assim perceber a grandiosidade e o mistério luminoso do amor de Deus.

Leonardo Boff

O DOM DE DAR



Quando você der alguma coisa, faça isso de coração, nunca porque você espera que amanhã vai receber algo em troca. Disso a vida se encarrega.
Quando amar, ame intensamente; quando der uma esmola, faça e se esqueça; quando perdoar, perdoe.
Os gestos que não são acompanhados por um sincero sentimento no coração são vazios e inúteis: Deus não os recebe.
Os pequenos gestos, mas que são tudo o que você pode dar, acompanhados da alegria de ofertar, são recebidos com grandes festas pelos anjos.
Ninguém compra felicidade, ninguém compra bênçãos; essas coisas são simples retornos dos nossos atos. Da mesma maneira como regamos as flores que enfeitam nosso jardim ou nossa casa, Deus rega nossas vidas quando enfeitamos a vida de alguém.
Bens materiais a gente gasta e deixam de existir. O bem que fazemos pra alma dura eternamente.
Quando investimos na felicidade dos outros, sem saber estamos investindo na nossa própria felicidade.
A bondade é uma dádiva que todos recebem. Só que uns descobrem e outros não; uns utilizam e outros não. Isso faz uma grande diferença entre as pessoas.
Se você acha que é pobre demais para oferecer algo ao próximo é porque ainda não percebeu que tempo é realmente dinheiro, a riqueza que é seu sorriso, o valor que tem sua oração e o calor que pode emanar do seu corpo num abraço amigo e sincero.
Letícia Thompson

TEMPO DE VOAR COM ASAS DE BORBOLETA



A vida acontece em ciclos maiores e menores de tempo e esses ciclos podem ser percebidos pelo retorno de determinada energia. Quando passamos a observar esse movimento acontecendo, podemos entender o que está vindo para ser liberado e contribuir voluntariamente para o processo. Os véus vão sendo retirados aos poucos e a cada retorno da mesma energia liberamos mais uma camada do que nos impede de Ser o que verdadeiramente somos.
Podemos identificar por onde estamos passando em um ciclo e trabalhar em sintonia com essa energia para que as coisas aconteçam mais suavemente... observando os acontecimentos... os sonhos, as situações que se apresentam.
Observar a natureza nos faz perceber que também podemos fluir com a vida... e que a Divindade nos dá exatamente o que precisamos, quando nos entregamos a esse movimento natural, sem resistir... e sem tentar adaptar o tempo e os acontecimentos ao que nos dita a mente racional.
Quando estamos dispostos a liberar os véus, teremos toda a ajuda do Universo... e é sábio trabalhar naquilo que nos chega naturalmente... Se forçarmos alguma coisa seria como comer uma fruta que ainda está verde... quando o ideal é comer as frutas da época que já estão maduras.
Algumas vezes ao longo da vida nos vemos diante de ritos de passagem que se manifestam muito claramente. É aquela hora onde a borboleta sai do casulo e deixa completamente para trás a fase da lagarta...
Esses momentos não são os mais fáceis porque quando o dia vai clarear a noite nos parece ser mais escura... mas sabendo pelo que estamos passando poderemos facilitar o processo, não resistindo, entendendo que tudo está sendo guiado por uma Força maior. Existe um movimento perfeito e harmonioso acontecendo e resistir a ele só nos faz perder energia preciosa, dificultando o que seria simples e natural...
Confiamos e fiamos... fazendo a nossa parte.
Assim como dar à luz um filho... nesses ritos de passagem, onde a morte antecede o renascimento, damos à Luz a nos mesmos.
Só que agora, nesse novo tempo, com a possibilidade de um nascimento imaculado... sem o conceito das muitas crenças e padrões que queriam nos incutir um sentimento de culpa por já nascermos com o peso de um suposto pecado...
Mesmo que conscientemente isso não faça mais parte das nossas crenças, no inconsciente esse registro nos fazia acreditar que não éramos merecedores...
Mas somos sim... e muito... Merecedores de todas as coisas boas... sem esforço.
Quando fluímos em sintonia com o ciclo em andamento as coisas acontecem sem esforço e isso é nosso direito Divino. Chega dessa crença que tudo tem que vir com muito esforço e muita luta... isso não faz mais parte do novo Tempo. Se só damos valor ao que só vem com muito esforço estaremos enviando ao Universo a mensagem que queremos que as coisas aconteçam sempre assim.
Sei que esse é um padrão muito antigo e que está muito arraigado nas nossas memórias ancestrais... mas chega um tempo em que entendemos que somos seres de Pura Luz e que é hora de aceitar a nossa verdadeira identidade. Não são mais condizentes com quem somos certos padrões que tanto limitam e prendem.
Por isso... quando sinto que estou prestes a renascer agradeço e me entrego por inteiro porque sei que além daquele lugar onde o túnel é mais apertado e mais difícil de passar está me esperando a Luz de um novo amanhecer... e lá não existem as limitações do casulo que me impediam de voar com as asas azuis de uma borboleta que descobriu que era muito mais do que uma lagarta...
:: Rubia A. Dantés ::